‘Mais Médicos’ contempla 20 cidades paraibanas com novos profissionais

(Foto: EBC)

Vinte cidades paraibanas foram contempladas, no novo edital do Programa Mais Médicos, com vinte e duas vagas de um total, no país, de 1.390 distribuídas por 642 municípios e dois Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs).

Duas cidades – Juazeirinho e Soledade- terão direito a duas vagas. As demais, com uma vaga cada, são: Areia, Bonito de Santa Fé, Brejo do Cruz, Cachoeira dos Índios, Cacimbas, Itaporoca, Jacaraú, Jericó, Livramento, Mamanguape, Nova Floresta, Picuí, Pocinhos, Santana dos Garrotes, Santo André, Sumé, Triunfo e Umbuzeiro.

Esta primeira chamada de 2017 prioriza candidatos com CRM do Brasil. E vagas remanescentes serão ofertadas novamente a médicos com registro no País, que substituirão médicos cubanos antes contratados em cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

A meta do governo federal é realizar 4 mil substituições de médicos cooperados por brasileiros em três anos, reduzindo de 11,4 mil para 7,4 mil participantes cubanos. A expectativa é chegar a 7,8 mil brasileiros no Mais Médicos, representando mais de 40% do total de profissionais. O edital em curso foi o primeiro a ofertar essas vagas, cerca de 900.

Os profissionais puderam, desta vez, escolher quatro localidades de preferência e foram distribuídos conforme critérios de classificação constantes no edital, como detenção de título de especialista e experiência na área de Saúde da Família. Após a lotação definitiva, os médicos deverão confirmar o interesse nas vagas, se apresentando aos municípios.

Os gestores deverão então validar o médico no sistema do programa até a próxima terça-feira (31) para que estes iniciem as atividades nas unidades básicas a partir do dia 1° de fevereiro. A homologação dos profissionais, com confirmação de início das atividades, deve ser realizada pelas prefeituras entre 1° e 3 de fevereiro.

  • (Com informações do Ministério da Saúde)

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *