Campanha tenta financiamento para desenvolver aplicativo antidrogas

Cracolândia da região da Luz, em São Paulo capital (Foto: Arquivo/VejaSP)

Cracolândia da região da Luz, em São Paulo capital (Foto: Arquivo/VejaSP)

Desenvolver o BeOk, um aplicativo capaz de auxiliar na recuperação de dependentes drogas no Brasil. O estimulante desafio foi abraçado pelas psicólogas Flávia Serebrenic Jungerman e Natália Gomes Ragghianti. Elas pretendem arrecadar, por meio de uma campanha de financiamento coletivo, R$ 250 mil para investir na produção da ferramenta a ser utilizada, num primeiro momento, por voluntários do projeto.

Clique para ler mais