Só com polpa de fruta, Bayeux gastaria R$ 360 mil

No Hospital Materno-Infantil de Bayeux, um “contrato grandioso” (Foto: Google)

Com a prisão do prefeito Berg Lima, de Bayeux, diversas compras realizadas por ele e seus antecessores deverão ser investigadas pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), através do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), com apoio da Polícia Civil do Estado.

Clique para ler mais