FAÇA ISSO NÃO, PREFEITO! por Rubens Nóbrega

Senhor Prefeito Cícero Lucena,

Conforme sugeri em privado, e agora o faço publicamente por se tratar de assunto de interesse público, peço encarecidamente que descarte ideia ou proposta de quebrar o piso do Largo do Busto, em Tambaú, para reabrir passagem de carro – de quem vem pela Epitácio – até a avenida da praia.

“Façisso não, Prefeito”, rogaria Comadre Cinlena. Se o propósito é melhorar trânsito no pedaço, o melhor é não despedaçar o calçadão. O mais simples, sem custo algum para os mantenedores do município (ou seja, todos nós),  é permitir que os veículos que vêm pela Epitácio dobrem também à esquerda.

Dobrem na Antônio Lira e sigam até a Avenida Olinda. No percurso, três oportunidades (nas ruas perpendiculares) de acesso à Avenida Tamandaré. Pronto. Se o problema for esse, resolvido! Ah, mas se o problema for o acesso ao ainda inacabado Hotel do Hulk, como diz a maledicência, problema algum!

O estacionamento do futuro hotel, dele ou do vizinho Marinas, tem acesso pela mesma Antônio Lira. Que continuará acessível também à direita de quem vem pela mesma Epitácio. E, pra não deixar o Hulk verde de raiva, é só lembrar que ele pode mandar fazer uma recepção também na ‘parte de trás’. Pronto, resolvido!

Com a entrada na Avenida Antônio Lira livre à esquerda e à direita de quem vem pela Epitácio, mais uma vantagem teremos: o trânsito não precisará mais de retenção no semáforo que supostamente controla o fluxo de motoristas que demandam Tambaú ou Cabo Branco, vindos pela Epitácio Pessoa.

Por enquanto é isso, Senhor Prefeito. Outras sugestões, contribuições e alternativas de solução oferecerei por aqui, nas próximas edições. Esta de agora tentei fazê-la em particular, como o senhor bem sabe. Mas tive medo de ir ao seu encontro. Medo de pandemia, aglomeração e riscos que a idade impõe.

Além disso, como pretensão e água benta não fazem mal a ninguém, sou pretencioso o bastante para acreditar que esta sugestão é pro bem da gente, de toda a nossa gente. Publicamente deve ser exposta e tratada, portanto. E perdoe o ‘croquis’ acima, que toscamente montei para indicar a mudança aqui sugerida.

Respeitosamente, 

  • Rubens Nóbrega
  • seu concidadão, morador e natural de João Pessoa

 

2 Respostas para FAÇA ISSO NÃO, PREFEITO! por Rubens Nóbrega

  1. Ravi Cajú Duré escreveu:

    Se quebrar o largo de tambaú vou me arrepender do voto de confiança que dei a Cícero nesse segundo turno. Não faz sentido quebrar o largo, não faz sentido!

  2. Maria de Lourdes Viscardi escreveu:

    Mas sugiro que transplante árvores naquele espaço calçado.