MINHA BANCADA NA CÂMARA DE VEREADORES

Câmara Municipal de João Pessoa

(Foto: plenário da Câmara Municipal de João Pessoa em sessão especial. Crédito: divulgação)

Eleitor em João Pessoa há 45 anos, neste 2020 da graça de Deus vou ter mais de 300 nomes para escolher, entre eles, a pessoa a quem vou dar voto e confiança de vê-la na Câmara de Vereadores fazendo um mandato digno da maioria dos nossos bons concidadãos.

A escolha final e a revelação da escolhida ou escolhido em eleições proporcionais deixo sempre para divulgar na véspera. Até lá, vou assuntando, observando e estalqueando as aparições, manifestações e posicionamentos das alternativas, entre tantas que se apresentam.

Escolher vereador, deputado estadual ou federal sempre foi mais difícil – muito mais para mim – do que definir em quem votar para prefeito, senador, governador ou presidente. Cargo majoritário tem menos candidatos; opções, menos ainda. Facilita um bocado, convenhamos.

A indefinição quanto ao voto para vereadora ou vereador não impede, contudo, que desde agora comece a formar a minha bancada. Chamo assim o grupo de candidatos que tenho na conta de merecedores de eleição ou, em alguns casos, de reeleição.

Já disponho, por exemplo, de duas excelentes candidaturas que brotaram do jornalismo paraibano, meio em que atuo desde antes de receber o título de eleitor. Os colegas que vão à luta são da melhor qualidade, militantes das boas causas, guerreiros do bom combate.

Não, não… Critérios de seleção desse ou daquele postulante não estão submissos a qualquer corporativismo. Espero ver ótimas candidaturas representativas de outros segmentos profissionais, de bases sociais distintas, de partidos diversos. O importante é ter em quem votar.

O voto para vereador é relevante e necessário, apesar de o senso comum tratar a vereança com desprezo ou deboche, muito por culpa de muitos exercentes do cargo, cujos mandatos e malfeitos dão enorme contribuição para desqualificar a própria instituição do parlamento.

No contraponto à desgraceira de sempre, mantenho e exponho a cada eleição o otimismo de compor a minha bancada com vereadoras e vereadores realmente comprometidos com o bem comum. É mais que um chavão: é esperança de um ideal permanente da boa cidadania.

Eis a razão de jamais anular voto ou votar em branco, principalmente para vereador. Boa ou ruim, a Câmara é fundamental para a cidade e seu povo. Pior não tê-la ou ter um legislativo completamente desfigurado, amarrado a interesses alheios à vontade e necessidades coletivas.

E cá pra nós: temos, sim, boas opções no elenco em cartaz. Não é possível, portanto, que no meio de mais de três centenas de nomes você não encontre um que preste.

2 Respostas para MINHA BANCADA NA CÂMARA DE VEREADORES

  1. São tantos candidatos, que inevitàvelmente se adota a fórmula do QI: quem indicou o candidato. Ou seja: a solução pela lei da simpatia.
    É difícil…

  2. Liberalino escreveu:

    Não encontro dificuldades em escolher meu candidato a Vereador e Prefeito. Votarei é WALLBER E FERNANDO PASSOS por enxergar nos mesmos fichas limpas e sem vocação para a corrupção. Caso pisem na bola ficarão desacreditados como.muitos do presente e do pretérito. Ok?