Em contundente artigo, engenheiro denuncia destruição da praia do Cabo Branco

Um dos trechos da praia mais afetados pelas pedras (Foto: Francisco Jácome Sarmento)

A praia do Cabo Branco está sendo destruída, denunciou nesta segunda-feira (27) o engenheiro Francisco Jácome Sarmento, dessa vez em contundente artigo no qual acusa a Prefeitura da Capital de tentar fugir à responsabilidade por danos ambientais causados pelas pedras que por lá apareceram recentemente.

Morador do lugar há mais de 25 anos, Professor Doutor em Engenharia Civil da UFPB, Sarmento atribui a destruição da praia à obra supostamente destinada a conter o desmoronamento da barreira do Cabo Branco. Houve até, segundo ele, uma inversão de etapas para permitir à atual gestão da PMJP “mostrar serviço” em ano eleitoral.

Sarmento revela que no dia 21 de junho passado enviou fotografias e explicações sobre o problema a um secretário da Prefeitura, cujo nome preserva, na expectativa de providências. Nada foi feito, garante, como se a Prefeitura tivesse resolvido seguir o conselho do ministro do Meio Ambiente do governo Bolsonaro de “passar a boiada” enquanto a pandemia domina todas as atenções e preocupações da população.

Intitulado ‘Afinal, o que está acontecendo na praia do Cabo Branco?’, o texto de Sarmento expõe todo o problema de forma bem detalhada e ilustrada, facilitando leitura e compreensão do seu conteúdo. Leia a íntegra do artigo clicando aqui.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *