O PODER DA VÍRGULA

Ao completar 100 anos em 7 de abril de 2008, a veneranda Associação Brasileira de Imprensa (ABI) fez uma publicidade super criativa em defesa da boa informação. “Uma vírgula muda tudo. ABI – 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação”, eis o mote daquela  campanha, que me chegou por obra e graça de Dalteir Siqueira Moura Sobrinho, engenheiro da Chesf, um dos mais inteligentes e assíduos colaboradores da coluna que à época escrevia diariamente para o Correio da Paraíba. Confiram a seguir e depois me digam se não é genial.

Vírgula pode ser uma pausa… Ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

Vendas, tome cuidado.
Olhaaaa o queijoooo fresco!
Olhaaaa o queijoooo, fresco!

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

Uma vírgula muda tudo.

ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Detalhes Adicionais

Se o homem soubesse o valor que tem a mulher andaria de quatro à sua procura.

Se você for mulher, deve colocar a vírgula depois de MULHER.
Se você for homem, por favor não coloque a vírgula depois de TEM.

(Essa última frase foi por mim alterada, pois a original induzia o homem a colocar a vírgula depois de TEM)

Comente O PODER DA VÍRGULA

  1. GENIAL!!
    Nunca tinha me atentado para isso.
    Excelente artigo

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *