Arquidiocese suspende padre e monsenhores ligados a Dom Aldo

Monsenhor Jaelson, um dos religiosos afastados pela Arquidiocese (Foto: YouTube)

Monsenhor Jaelson, um dos religiosos afastados (Foto: YouTube)

A Arquidiocese da Paraíba suspendeu de Ordem, nesta quinta-feira (29), três padres de João Pessoa que teriam participado do círculo mais íntimo do poder da Igreja Católica no Estado durante a gestão de Dom Aldo Pagotto. São eles: Monsenhor Jaelson de Andrade, Monsenhor Ednaldo Araújo e Padre Severino Lima.

Com a decisão, assinada por Dom Genival Saraiva, administrador apostólico, os religiosos ficam impedidos de celebrar missas, realizar batizados e de fazer qualquer outra atividade inerente ao cargo de padre ou monsenhor.

A suspensão é por tempo indeterminado. Não foram revelados os motivos da decisão de Dom Genival. Sabe-se, contudo, que a conduta dos religiosos é investigada pela Arquidiocese da Paraíba por supostas práticas incompatíveis com o exercício do sacerdócio atribuídas a Jaelson, Ednaldo e Severino. Um deles seria investigado também pelo Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB).

Nos bastidores da Igreja Católica, a notícia circula desde o início da tarde de hoje. No começo da noite, a informação foi confirmada ao blog pela Assessoria de Imprensa da Arquidiocese da Paraíba.

Em setembro do ano passado, o Jornal da Paraíba publicou reportagem na qual um grupo de padres denunciava relações sexuais dentro do Mosteiro de São Bento, em Itatuba, fundado por Monsenhor Jaelson, pároco da Igreja Santo Antônio do Menino Deus, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Na ocasião, ele negou todas as denúncias e se disse vítima de ‘armação’.

A suspensão da ordem dos três religiosos acontece quase três meses após a renúncia de Dom Aldo Pagotto, arcebispo católico da Paraíba nos últimos 12 anos que renunciou ao cargo após sofrer acusações de envolvimentos homo-afetivos e exploração sexual de menores. Em carta divulgada aos fiéis, todavia, ele afirmou que se afastava do comando da Igreja por motivos de saúde.

(Valéria Sinésio)

É BOM ESCLARECER
O Blog do Rubão publica anúncios Google, mas não controla esses anúncios nem esses anúncios controlam o Blog do Rubão.

94 Respostas para Arquidiocese suspende padre e monsenhores ligados a Dom Aldo

← Comentários mais antigos
  1. Angela Fox escreveu:

    Quero compartilhar meu testemunho a todos. Depois de me relacionar com meu
    namorado por cinco anos, ele terminou comigo, fiz todo o possível para trazê-lo
    de volta, mas tudo foi em vão, eu queria muito ele por causa do amor que eu tenho para
    Ele, implorei-o com tudo, fiz promessas, mas recusou. Eu expliquei o meu
    problema para alguém on-line e ela sugeriu que eu preferisse entrar em contato com um feitiço
    Poder que poderia me ajudar a lançar um feitiço para trazê-lo de volta, mas eu sou o tipo que nunca acreditei no feitiço, eu não tive escolha além de tentar, eu enviei o lançador de feitiços e ele me disse que não havia problema de que tudo fosse Tudo bem, antes de três dias, que o meu ex
    Volte para mim, ele lançou o feitiço e, surpreendentemente, no segundo dia, era às 17h.
    Meu ex me chamou, fiquei tão surpreso, respondi o chamado e tudo o que ele disse foi que ele
    Sinto muito por tudo o que aconteceu, que ele queria que eu voltasse, que
    ele me ama tanto. Fiquei tão feliz e fui com ele, entre em contato com ele agora para o seu
    Problemas de relacionamento ou de casamento, aqui é o seu whatsapp e e-mail, você pode chegar ao Dr. Akhigbe

    Número do número de perguntas + 2349035428122
    Email akhigbespellhome@gmail.com

  2. Ana María Francisco escreveu:

    O grupo Maria Isco fornece ajuda para resolver a crise financeira ou para iniciar seu próprio negócio, para liquidar sua dívida e você acha Difícil obter empréstimos de capital dos bancos? Estamos aqui para resolver isso. Oferecemos empréstimos privados para tais fins e muito mais. Empréstimo pessoal e comercial com baixa taxa de juros de 2%. pessoa interessada deve contatar-nos através de: mariaiscogrupo@gmail.com

    obrigado

  3. loan escreveu:

    Testemunho de um empréstimo
    Consegui obter um empréstimo de uma instituição de microcrédito,
    que sabia me satisfazer o mais rápido possível.
    Ela me ajudou a emprestar uma quantia de 45.000 €.
    Caso contrário, você precisa de um crédito, um empréstimo ou se você for proibido a operação bancária,
      Ps: entre em contato com ele por e-mail se precisar de um empréstimo.
    Aqui está o E-mail: loanerious@gmail.com
    Compartilhe esta informação para ajudar nossos irmãos, amigos e outros que precisam.

  4. Caio Silva escreveu:

    Avaliando as acusações sobre pedofilia e homossexualismo feitas ao Ex Sacerdote Monsenhor Jaelson Andrade e as indignações do fies resolvi investigar o caso e cheguei a varias conclusões. Realmente o ex sacerdote Jaelson Andrade mantinha relações sexuais com menores, o mesmo oferecia vários benefícios a s vítimas como viagens, roupas passeios, e até mesmo dinheiro só que quando conseguia manter relações sexuais com a vítima não cumpria nada e se afastava cortando contatos. Esses são relatos de três meninos que consegui depoimentos. Quanto ao homossexualismo Jaelson Andrade hoje mantém um relacionamento amoroso com um ex monge do Mosteiro Mãe da Ternura Joalis Andrade Silva,que era administrado pelo mesmo. Depois de expulso da Igreja Católica pelo Administrador Apostólico Dom Genival, Jaelson Andrade reatou um antigo relacionamento com Joalis de Andrade e juntos abriram um restaurante no Mosteiro. Tenho registros que comprova toda o relacionamento dos dois inclusive viagem de Lua de Mel. Conversando com Dom Raphael que era monge do Mosteiro nos anos 2012 o mesmo falou que a prática de homossexualismo dentro do Mosteiro era comum e inclusive o monge Joalis Andrade tinha confessado para o mesmo que tinha um relacionamento com Jaelson Andrade porque o mesmo bancava ele. Então não tenham duvidas sobre as acusações sobre o ex sacerdote Jaelson Andrade.

  5. Bem interessante a matéria. Gerou várias discussões. Parabéns pelo blog.

  6. José Barbosa de Caldas escreveu:

    Não vamos julgar antes do tempo o que devemos fazer é rezar e pregar a palavra deus meus irmãos

  7. francisco rolim pinheiro escreveu:

    O nome do acusado, sabemos, agora queriamos saber o nome do acusador, nós queremos ele aqui, na paroquia….

  8. Lucinete Rodrigues Dos s. Santiago escreveu:

    pelo pouco que eu ia a missa do Monsenhor Jaelson eu achei um Padre muito intégro Levava muito a sério td que ia fazer agente via e sentia que era com muito carinho na igreja santo Antonio, não é justo o que fizeram com ele para mim tem inveja no meio disso tudo, Deus está contigo monsenhor hj e sempre. é muito triste

  9. Aparecida Silva escreveu:

    É triste como muitas pessoas fazem julgamento das outras por conta de boatos que se espalham.O monsenhor Ednaldo é um homem sério, responsável e principalmente um grande servo de Deus.Mais uma vez insisto em dizer que ele só fez o bem a Paróquia Santíssima Trindade do Valentina eu sinceramente não entendo como se deu tamanha injustiça em mantê-lo afastado da sua Igreja, mas rezo e entrego muito a Deus para que justiça seja feita.

  10. Figueira escreveu:

    Engraçado, agora todo mundo é santo! Desde que fazia parte da paróquia Nsra. Aparecida, no bairro 13 de maio, que já circulavam notícias sobre casos envolvendo tal Monsenhor (Na época Padre). O fato de ser bom com as palavras, se mostrar solicito e preparado na maior parte do tempo, não inibi uma conduta errônea nos bastidores. Coloquem suas mãos no fogo por ele, esqueçam que ele é um humano e continuem acreditando que é um ser divino, e a chance de se queimar é grande…

    • Maria das Graças escreveu:

      Concordo com você, Monsenhor é perseguido porque deu empregos a muita gente porque ajuda as pessoas que precisam dele. Ceio pelo fato dele ser uma pessoa que gosta das coisas certas, ele foi perseguido.

      Eu oro a Deus para que todos injustiçados tomem uma medida de defesa e que esse grupo de padres que vivem denunciando os outros sejam punidos também. Em todo lugar tem isso, os puxas sacos,, os puxas tapetes que e não podem ver o outro bem

    • Ozana Maria da Silva escreveu:

      Reflexão :Quando eu aponto com um dedo o defeito do outro três dedos vouta contra minha direção #fica a dica

  11. Ozana Maria da Silva escreveu:

    Fiquei chocada e triste monsenhor

  12. Maria das Graças escreveu:

    O pré-julgamento é crime, como afastam esses padres sem provas concretas, isso é perseguição . Monsenhor Ednaldo é uma pessoa que gosta de ajudar as pessoas, só porque recebeu um cargo de diretor que causou inveja em muitos, envolveram seu nome, mas Deus é Fiel, não gostei dessa notícia.

    Não devemos julgar os outros pelo ato de um ou por denúncias suspeitas de perseguição

  13. Aparecida Silva escreveu:

    Sou da Paróquia Santíssima Trindade e não poderia deixar de falar sobre o querido e amado Monsenhor Ednaldo. Quem o conhece sabe do lindo trabalho que ele exerceu no bairro do Valentina., foram mais de dez capelas e mais duas paróquias abertas com a ajuda dos fiéis, mas principalmente pelo seu desempenho e incansável em levar a palavra de Deus a todos nos mais diversos lugares do nosso bairro do Valentina. Posso dizer que em toda minha vida não conheci um padre tão comprometido e dedicado com a Igreja e sua paróquia. Em datas festivas de padroeiro o monsenhor sempre incentiva os fiéis a participar das procissões e sempre alí a frente do seu povo.Sempre admirei a Via Sacra em que ele rezava cada estação em cada uma das capelas da paróquia fazendo uma linda procissão que durava horas de caminhada.Creio que o seu trabalho e dedicação não serão esquecidos pelo povo do Valentina. Tenho certeza que Deus na sua infinita misericordia está a olhar por ele e não vai permitir tamanha injustiça em deixá-lo afastado das suas funções, do seu povo e da sua Paróquia que ele tanto ama.

  14. Juvencio e família escreveu:

    Acreditamos que a justiça será *feita, e teremos o nosso pároco de volta. Força monsenhor. Deus te proteja.

  15. Juvencio e família escreveu:

    Eu, minha esposa e nosso filho, frequentamos a comunidade e conhecemos o monsenhor Jaelson há 06 anos, estamos profundamente constrangidos pela denúncia feita a este; pois, em momento algum percebemos algo que viesse desabonar sua conduta, o mesmo é uma pessoa muito respeitosa. Acreditamos que a justiça será, e teremos o nosso pároco de volta. Força monsenhor. Deus te proteja.

  16. Ozana Maria da Silva escreveu:

    Sou da paróquia santíssima Trindade no valentina eu e minha família ficamos muito triste com o afastamento de Monsenhor Ednaldo servo bom e fiel dedicou anos de seu sacerdócio a paróquia do Valentina pra quem não se lembra a igreja matriz parecia uma casa hoje sim depois do grande esforço e luta de monsenhor Ednaldo a igreja está quase pronta uma grande injustiça o que fizeram a monsenhor estamos todos aqui em casa sem palavras pra quem não sabe no nosso bairro existe mais de 10capelas tudo feita graças ao esforço de monsenhor Ednaldo um servo que não se cansava de realizar a celebração da santa missa eu já cheguei a participar de três celebrações no mesmo dia manhã tarde e noite e todas celaboradas por monsenhor Ednaldo esse grande servo não merecia está passando por esse tipo de situação suas homilias sempre dentro do evangelho participamos da paróquia desde o período que chegamos do Sertão para morar aqui no Valentinà no ano de2008 até hoje 8anos depois não temos nada pra falar de ruim da pessoa de monsenhor afinal isso que está acontecendo com ele é uma grande injustiça desde criança participei de muitas celebrações de semana santa natal ano novo mas confesso que nunca tinha participado de tantas celebraçoeste diferente pois ele é um servo muito iluminado um verdadeiro servo de Deus suas palavras nos renova e nos dá força para a caminhada do dia a dia com ele aprendi muitos ensinamentos bíblicos pois ele nos fala através de suas homilias de uma forma simples e fácil de entender muitas vezes estava sem ânimo para ir a missa mas quando chegava lá tudo mudava suas palavras nos ajudava sem dúvida um ser iluminado e abençoado por Deus .Nem o próprio Jesus Cristo agradou foi traído pela multidão que o aplaudia mas no final saiu vitorioso .Vamos fazer orações por nossos parcos .Se Deus quiser Deus vai dar a vitória. ..

  17. Aparecida escreveu:

    Sou da Paróquia Santíssima Trindade e não poderia deixar de falar sobre o meu querido e amado Monsenhor Ednaldo.Um padre dedicado completamente a Igreja, para quem conhece Monsenhor Ednaldo sabe dos grandes benefícios que ele fez no bairro do Valentina são mais de dez capelas construidas e mais duas paróquias abertas com a ajuda dos fieis mas, principalmente pelo seu empenho incansável em levar a palavra de Deus a todos.Posso dizer que em toda minha vida não conheci um padre tão responsável, dedicado e comprometido com a sua Paróquia, com o povo de Deus .Tenho fé que Deus na sua infinita bondade está a olhar por ele e não vai permitir tamanha injustiça de mantê-lo afastado das funções e da Paroquia que ele tanto ama.

    • Aílton Pereira escreveu:

      Eu sou da Comunidade Imaculado Coração de Maria, que pertence a Paróquia Santíssima Trindade do Bairro Valentina de Figueiredo. Mons. Ednaldo, trabalhou incansavelmente por seus paroquianos, desde que assumiu a sua missão, com coragem e determinação. Sempre firme e coerente em suas atitudes, cumpridor dos seus deveres.Homem de caráter e personalidade fortes. Eu acredito em sua inocência. O senhor tem capacidade indiscutível a ser elevado, na minha opinião; à Arcebispo Metropolitano de João Pessoa. Um forte abraço do seu amigo que lhe admira e torce por sua vitória. Conte com a minha oração, e a proteção de Deus e da Imaculada Conceição.

  18. Aparecida escreveu:

    Sou da Paróquia Santíssima Trindade

  19. Ozana Maria da Silva escreveu:

    QUANTA INJUSTIÇA cometida contra o Monsenhor Ednaldo um servo de Deus iluminado justo não tenho nem palavras pra falar da pessoa do Monsenhor Ednaldo eu e toda minha família estamos perplexos com tudo isso somos do alto sertão da Paraiba e quando chegamos aqui no Valentina e fomos pela primeira vez a missa lá estava aquele servo falando da palavra de Deus com imensa sabedoria gostamos do Monsenhor a primeira vista isso no ano de 2008 onde a igreja ainda não estava em reforma e sempre ouvimos da boca dele o desejo e o sonho de ver a tão sonhada igreja reformada daí passamos a afazer parte da paróquia indo sempre as missas de Monsenhor Ednaldo teve dias de participar de 3 missas e todas celebradas por ele participeia também de missas em diversas capelas como a de Santa Luzia , no menino Jesus no muçumago na capela Santô Antônio e outras comentava com algumas pessoas quantas capelas no só bairro aí as pessoas comentavam aí é esforço e muita dedicação do Padre da paróquia aí eu perguntei quem era aí falaram que era o Padre hoje Monsenhor Ednaldo ainada estou em estado de choque porque Monsenhor? Ainda estamos sem acreditar que domingo vamos a missa e não vamos ver Monsenhor . Não estou aquiser criticando o outro padre jamais é que monsentor é cono se fosse da familia . Um servo que só fazia o bem a paróquia , uma pessoa que se preucupava de verdade com a igreja de um modo geral não se cansava de celebrar as missas sempre se esforçando pra da o melhor pela paróquia e acontecer tamanha injustiça um servo dedicado aprendi muito com o Monsenhor e seus ensinamentos nunca Monsenhor Ednaldo nos transmitil coisase ruim oum algo do que está sendo acusado se existe um servo que não tem nenhum tipo de maldade esse servo se chama Monsenhor Ednaldo fica aqui minha indignação e minha revolta minha e de minha família;Masna esperança que Deus com sua imensa misericórdia vai cuidar de tudo isso . VAMOS MINHA GENTE FAZER CORRENTES JEJUM E MUITA ORAÇÃO POR NOSSOS PÁROCOS.

  20. Ricardo escreveu:

    Só pessoas muito leigas e intelectualmente ingênuas não sabem que, em se tratando da hierarquia da Igreja de Roma, decisões como as que foram tomadas pelo Administrador Apostólico somente são adotadas depois de um longo período de investigação que corre em absoluto sigilo. Se os clérigos foram punidos, provas e indícios muito fortes foram encontrados. Algo que a Igreja de Roma não aprecia é escândalo! No mais, antes de repudiar a decisão da autoridade eclesiástica competente, esperemos o resultado do processo, tanto em nível eclesiástico como na esfera criminal..

  21. Nivaldo Tavares da Silva escreveu:

    Li todos os comentários, seria interessante desinar uma comissão ir ao administrador da arquidiocese, saber os motivos da real suspensão dos padre por tempo indeterminado, ouvir comentário de alguém, jornal fica muito duvidoso.

    • Aparecida Silva escreveu:

      Concordo seria intressante juntar o povo de Deus e irmos em busca de justiça para os nossos queridos padres.

    • Maria das Graças escreveu:

      Concordo totalmente, é muito duvidoso mesmo. Só quem já foi pré-julgado é que sabe o quanto é ruim.

  22. Magno escreveu:

    É impressionante e muito triste ler os comentários aqui postados. Muitos aqui estão preocupados e indignados com a atitude da igreja, considerando que é um ato contra os referidos padres. Acaso não se dão conta que esses senhores são acusados de pedofilia, de terem relações sexuais com jovens seminaristas… dentre outras tantas? Eles foram afastados para serem investigados (ao menos é o que a igreja diz)! Esse é o procedimento mínimo ao se tomar com qualquer liderança acusada de cometer crimes. Todavia, quem dera se fosse realmente a intenção da igreja. A história nos mostra que a igreja faz tudo o que estiver ao seu alcance para encobrir seus crimes. Quando não consegue plenamente, toma atitudes como essa, afasta os envolvidos, transfere para o Vaticano ou para paróquias distantes. É a típica atitude criminosa mas protegida sob o manto da impunidade, pelo poder e dinheiro que a igreja tem, capaz de influenciar e conduzir a justiça e os políticos que tecem as leis desse país.
    Deveríamos estar preocupados com as vítimas das ações promovidas por esses padres, com as famílias que sofrerão duramente os danos causados às vidas de suas crianças e jovens.
    Devemos cobrar investigação eficiente e severa punição, se forem provados os crimes, especialmente, quanto a aplicação da LEI BRASILEIRA.
    Caso não saibam, a igreja gasta milhões em acordos judiciais no EUA (onde isso é permitido) para que os padres pedófilos não sejam presos (vejam mais em http://oglobo.globo.com/mundo/cardeal-que-protegeu-padres-pedofilos-participara-de-conclave-7583318), enquanto deveria estar preocupada em proteger com afinco as nossas crianças, que são nosso maior tesouro. Mas, a instituição que prega ser fundada por Cristo, parece que esquece de um de seus conselhos:
    “Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar” Mt 18:6.
    Reflitamos.

  23. Valdir Rodrigues da Silva escreveu:

    Sou da Paróquia São Francisco de Assis (Mangabeira VII). Mas neste ano resolvi participar das celebrações da QUARESMA 2016 na Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, e posso testemunhar que pude observar no Monsenhor Jaelson um sacerdote exemplar na postura e condução da liturgia, a forma catequética e cativante das suas homilias, seu zelo ao ministrar o sacramento da EUCARISTIA… Confesso que sempre ao final da missa, voltava para casa renovado… Portanto, ao ler todos esses comentários dos seus paroquianos, só vem confirmar que as qualidades que em tão pouco tempo vislumbrei no Monsenhor Jaelson são reais…
    Venho então expressar a minha TRISTEZA pelo seu afastamento. Confio na Justiça Divina. O mal não prevalecerá.
    Ao Monsenhor minhas orações e a certeza de que a justiça em Jesus Cristo será feita.
    E à comunidade Santo Antônio do Menino Deus, muita força e orações.

    Dom Genival Saraiva, administrador apostólico, com todo o respeito que lhe confere, o senhor não pode ignorar os inúmeros depoimentos verdadeiros destes fiéis, que durante muito tempo conviveram com o Monsenhor Jaelson…
    Se posso pedir, lhe peço: Reavalie em nome de JESUS, e com a orientação do Espírito Santo esta sua posição.
    “DEUS É FIEL!!!”

  24. Almir escreveu:

    A Teologia da Libertação lançando seus tentáculos na Arquidiocese da Paraíba. A ideologia, (falsa teologia) anticristão de Leonardo Boff e seus representantes, “padres” politiqueiros, se valendo do que mais sabem fazer, mentir, roubar, destruir e caluniar.

  25. Frank Sinatra Macena Silva escreveu:

    REPÚDIO.
    Repúdio a atitude da igreja em condenar um sacerdote dedicado ao ministério como o Monsenhor Jaelson Andrade , um sacerdote que vive para a obra de Deus e seu rebanho . Sou testemunha de como fui tocado por Deus , eu e minha família através do canal de bênção que é o Monsenhor Jaelson. O conheço há mais de 10 anos , e o que sempre vi foi sua dedicação e zêlo pelas coisas da igreja e pela evangelização. E não ter o direito de defender-se, e ser condenado , é de uma crueldade e injustiça tremenda , inquisitório. Espero que a Igreja Católica reveja está injustiça e o deixe exercer seu abençoado ministério. LAMENTÁVEL. ..

  26. Sonia Maria da S. C. Corrêa escreveu:

    Com pesar assisto ao triste cenário que está se configurando na nossa Igreja, aqui na Paraíba. Padres zelosos pela sã doutrina e fiéis à Tradição litúrgica são perseguidos de forma descarada por grupos de padres “modernistas” incomodados com a adesão e acolhimento da comunidade para com aqueles. Mons. Jaelson é uma referência ímpar de sacerdote em nossa Arquidiocese. Minha família têm o privilégio tê-lo como pastor, orientador e formador. Sentimo-nos golpeados pela suspensão de suas atividades enquanto sacerdote. Quanta dor e tristeza!!!
    O mais difícil é saber do seu sofrimento, diante de tanta injustiça, pois até o direito de saber, efetivamente, de que o acusam, foi-lhe negado.
    Neste ano dedicado a Misericórdia Divina, este fato ocorrido em nossa Arquidiocese se contrapõe à motivação maior contida em seu lema.
    Que o Pai das Misericórdias possa acolher em seus braços nossa comunidade que estar a sofrer e , de modo particular, nosso amado pastor, Mons.Jaelson, e seus irmãos de batina, Mons.Edinaldo e Pe. Severino.
    Rogai por nós e pela Santa Igreja, Maria, Mãe da Divina Misericórdia!

  27. Girlaine Niedja escreveu:

    Junto-me a todos os que fazem a Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, localizada no Jardim Cidade Universitária, para deixar aqui registrada a nossa tristeza e indignação pelo afastamento do Monsenhor Jaelson, que há seis anos vinha exercendo com total zelo e dedicação a missão que lhe havia sido confiada. Como sacerdote exemplar, no exercício do seu ministério, conduzia todo o seu rebanho a uma fé madura, ajudando a cada um dos seus filhos na construção do templo maior, que é o nosso coração como Santuário vivo do Senhor.

  28. Jean Victor Porfírio da Silva andrade escreveu:

    Parabéns jornalista, só através da imprensa é que sabemos da realidade política, religiosa e outras mais, e usar a Bíblia pra se esconder talvez seja o maior pecado do mundo, e atentai bem que não tenho religião.

← Comentários mais antigos