DE INSEGURANÇA NINGUÉM ENTENDE MAIS DO QUE CÁSSIO, por Tião Lucena

(Ilustração do artigo de Tião Lucena no Blog do Tião)

O senador Cássio Cunha Lima tirou da gaveta uma massaroca de velhos papéis que ele havia guardado desde a campanha de 2014 e, utilizando-se dos mesmos números, disse que o atual Governo da Paraíba não cuida da segurança.

LEIA MAIS

Cássio isenta Polícia por violência e põe a culpa na falta de polícia

Cássio Cunha Lima (Foto: Arquivo)

Motivado pelo noticiário sobre o surto de violência no último final de semana, quando pelo menos 12 pessoas foram assassinadas e dois bancos alvos de explosão e arrombamento no interior da Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) culpou hoje (15) o Governo do Estado pelo avanço da criminalidade e isentou da Polícia de qualquer responsabilidade pelo quadro atual.

LEIA MAIS

Paraíba tem final de semana mais violento do ano: 12 assassinatos e dois assaltos a banco

Agência bancária em Alagoa Grande após explosão (Imagem TV Paraíba)

Apesar do esforço da Polícia Militar, que na quinta-feira (10) deflagrou uma nova fase da Operação Impacto, com a prisão de mais de 20 pessoas suspeitas de crimes contra a vida e o patrimônio, a Paraíba registrou o final de semana mais violento do ano entre sexta-feira (11) e a madrugada de hoje (14).

LEIA MAIS

MPF apela para Tribunal condenar SBT por comentários de Raquel Sheherazade

Raquel Sheherazade (Imagem YouTube)

O comentário da apresentadora Raquel Sheherazade em defesa de um grupo que prendeu a um poste e espancou a pauladas um menor de 15 anos no Rio de Janeiro, em 2014, pode render em breve ao Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) condenação superior a meio milhão de reais, além de retratação.

LEIA MAIS

Álcool triplica risco de estupros

Estudo sugere que bebida triplica risco de mulheres serem violentadas (Foto ilustrativa: Tribuna de Petrópolis)

Estudo diz que homens e mulheres são expostos a riscos diferentes quando abusam da bebida e sugere coibir ‘baladas open bar’ para evitar violência 

LEIA MAIS

Faz vergonha a indiferença do governo diante dos sucessivos ataques a escolas no Estado

Sala arrombada na Escola de Campina (Imagem compartilhada via WhatsAPP)

Se a violência cotidiana que assola os paraibanos já é pra lá de escandalosa, mais vergonhosa ainda é a sequência de arrombamentos e arrastões em escolas públicas e particulares na Paraíba. Mas vergonha maior talvez seja a indiferença do Governo do Estado diante das continuadas agressões a professores, alunos, funcionários e ao patrimônio dos educandários.

LEIA MAIS

MP denuncia um agressor de mulher a cada duas horas e meia na Paraíba

A cada duas horas e meia, um agressor de mulheres é denunciado pelas promotorias de Justiça no Estado da Paraíba. De acordo com dados disponibilizados pela Corregedoria do Ministério Público da Paraíba (MPPB), no ano passado, foram oferecidas 3.469 denúncias relacionadas à violência doméstica e familiar contra a mulher. O número é 26% maior do que o registrado em 2015 (2.744 denúncias oferecidas).

LEIA MAIS

Estado é 14º colocado no ranking nacional de carros blindados

(Foto: Ilustração/Blog Acerto de Contas)

Dados atualizados demonstram a relação entre aumento da violência urbana na esfera nacional e a frota de carros blindados no país, que aumentou 60% nos últimos dois anos. No ranking brasileiro da blindagem, a Paraíba ocupa o 14º lugar entre 25 estados e o Distrito Federal.

LEIA MAIS

Após debater violência em JP, Igreja vai às ruas clamar pela paz

Homicídio no Jardim Veneza (Foto: Arquivo/Imagem YouTube)

A segurança pública, a violência e a paz foram temas de encontros, esta semana, em cada uma das oito comunidades da Paróquia São Francisco de Assis, com Igreja Matriz no Jardim Veneza, em João Pessoa. Nas reuniões, os moradores apresentaram os principais problemas vivenciados em cada área.

LEIA MAIS

Com Ricardo, Estado baixou qualidade da informação sobre segurança e aumentou violência

Ricardo Coutinho: propaganda não bate com números sobre violência na Paraíba

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2015, publicação do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), mostra que até 2014 ano a Paraíba estava entre os estados que forneciam informações de boa qualidade para alimentar adequadamente o Sinesp – Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas.

LEIA MAIS

Polícia registra 27 homicídios e 32 agressões contra mulheres

Homicídio em Bayeux (Foto: Arquivo/G1PB)

Um balanço divulgado hoje (2) em redes sociais pelo próprio secretário Cláudio Lima, da Segurança Pública, mostra que as delegacias de Polícia Civil instauraram 161 inquéritos entre os dias 24 e 28 de fevereiro último, quando foram cometidos 27 homicídios e 32 atos de violência contra a mulher na Paraíba.

LEIA MAIS

Crescimento da violência e greve da PM assustam quem gosta de brincar carnaval no Recife

Galo ameaçado de desfilar sem policiamento (Foto: Roberto Pereira/AgênciaJCM/Fotoarena/Folhapress)

Paraibanos que costumam brincar carnaval em Recife e Olinda começam a se preocupar com as informações que apontam extraordinário crescimento da violência na capital pernambucana em plena semana pré-carnavalesca, simultaneamente a uma greve branca da Polícia Militar daquele Estado.

LEIA MAIS

Terceiro assalto ao Hiper em seis meses deixa um morto e três feridos

Socorro a um dos feridos hoje no Hiper (Foto: Clilson Júnior)

O HiperBompreço do Bessa, em João Pessoa, foi assaltado na noite desta segunda-feira (23). É o terceiro assalto ao mesmo supermercado em seis meses. Desta vez, houve tiroteio, um vigilante foi morto e três outras pessoas, prováveis clientes, foram feridas a bala.

LEIA MAIS

Repórter de TV foi o profissional da imprensa mais agredido em 2016

O fotojornalista Sérgio Silva, culpado pela Justiça por ter sido ferido pela Polícia (Foto: Change.org)

Entre os profissionais da imprensa brasileira, os repórteres de emissoras de televisão foram o principal alvo de agressões durante o trabalho no ano de 2016. De acordo com informações do Relatório de Violência e Liberdade de Imprensa de 2016, divulgado  neste sábado (14) pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). LEIA MAIS

Em julho, violência aumentou e Dom Aldo ‘renunciou’

A violência na Paraíba cresceu de forma impressionante em julho. Ataques a bancos, com ‘direito’ a assassinato em porta de agência, foram tantos e tão frequentes que abalaram até o cidadão paraibano mais conformado com a onda de crimes. O mês foi marcado também pelo fim do arcebispado católico na Paraíba do polêmico Dom Aldo Pagotto (foto).

LEIA MAIS

Estado deve fechar ano com quatro homicídios por dia e dois ataques a banco por semana

Em agosto, BB de Caaporã ficou assim (Foto: G1PB)

A semana ainda não terminou, o mês está só na metade, mas os números da violência na Paraíba assustam qualquer cidadão de bem que não se deixa levar pela propaganda de governo sobre segurança no Estado.

LEIA MAIS

Mais de 2.700 atos de violência contra crianças na Paraíba em apenas 10 meses

soraya-escorel

Em apenas dez meses, de janeiro a outubro deste ano, mais de 2.700 denúncias de violência contra crianças e adolescentes foram encaminhadas pelo Disque 100 ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Criança e do Adolescente do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

LEIA MAIS

MP tenta contornar o caos para salvar ano letivo em Santa Rita

Uma cidade dominada pelo caos (Foto: Santa Rita em Foco)

Uma cidade dominada pelo caos (Foto: Santa Rita em Foco)

Engana-se quem pensa que a situação em Santa Rita se normalizou. Na área da educação, por exemplo, os problemas se acumulam a cada dia. O ano letivo está comprometido e centenas de alunos devem repetir a série que iniciaram em 2016. Quem revela é o promotor de Justiça Francisco Seráfico.

LEIA MAIS

Estado campeão da subnotificação de crimes só 13 delegacias da mulher

(Foto meramente ilustrativa. Crédito: Giro de Notícias)

(Foto meramente ilustrativa. Crédito: Giro de Notícias)

A realidade das ruas, quando o assunto é a violência, geralmente supera a frieza das estatísticas, especialmente quando os dados decorrem ou dependem, exclusivamente, de registros oficiais. Como nos casos de estupro, por exemplo. Na última quinta-feira (3), o 10º Anuário Brasileiro da Segurança Pública colocou a Paraíba com a menor taxa do Nordeste – 7,3 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Mas a própria Secretaria da Segurança e Defesa Social do Estado admite que muitos destes crimes ficam sem registro, não há boletins de ocorrências para eles. É o que se chama subnotificação.

LEIA MAIS

Promotor cobra da Polícia investigação sobre ‘manzuá dos bandidos’ na Capital

Operação Manzuá, a da Polícia, fez sucesso no começo dos ano 80 (Foto: MPPB)

Operação Manzuá, a da Polícia, fez sucesso no começo dos ano 80 (Foto: MPPB)

O Ministério Público da Paraíba anunciou ontem (31/10) à noite que o Promotor de Justiça Arlan Costa Barbosa, da Promotoria Criminal de João Pessoa, requisitou à Secretaria de Segurança Pública do Estado a instauração de um inquérito policial para investigar a ação de criminosos que montaram uma Operação Manzuá em comunidades da Capital.

LEIA MAIS

Alunos e professores da UFPB em pânico com assaltos na BR

Rio Tinto, Mamanguape e o Campus IV da UFPB (Fotomontagem: UFPB)

Rio Tinto, Mamanguape e o Campus IV da UFPB (Fotomontagem: UFPB)

Estudantes, professores e funcionários da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) que estudam ou trabalham em Mamanguape e Rio Tinto estão em pânico. Principalmente aqueles que não residem em qualquer das duas cidades. Difícil encontrar um que não tema ser atacado a qualquer momento por assaltantes que agem com frequência cada vez maior após as aulas, principalmente à noite e nas estradas que levam as potenciais vítimas de volta para casa em outros municípios.

LEIA MAIS

Mulheres relatam outros casos de violência no parto

parto-desumano

A chamada violência obstétrica seria quase uma rotina, mas não uma exclusividade das maternidades públicas da Paraíba. Violência que em muitos casos coloca no mundo crianças com sequelas para o resto da vida. Esse é o resumo de pelo menos uma centena de comentários, depoimentos e mensagens que o blog recebeu nos últimos dois dias sobre denúncia de estudante de Fisioterapia que esta semana expôs desumanidade médica em parto no Hospital Universitário de João Pessoa.

LEIA MAIS