Professor isenta governo atual do ‘descalabro’ dos altos salários. “Vem de priscas eras”, diz

(Foto: Ilustração/MDig)

No rastro da indignação geral diante dos altos salários pagos a algumas categorias de servidores do Estado da Paraíba, chamou a atenção do Professor Menezes, assíduo colaborador do blog, a remuneração de engenheiros da Cagepa.

LEIA MAIS

Quando prefeito, Ricardo deu um cano de R$ 22,4 milhões na Cagepa

Na terça (4), Ricardo anunciou decisão de não privatizar a Cagepa (Foto: Francisco França/SecomPB)

Dois dias depois de o governador Ricardo Coutinho ser ovacionado como herói por se recusar a privatizar a Cagepa, documento entregue ao blog mostra o seguinte: se há uma coisa que ele conhece bem é o quanto os grandes devedores da companhia contribuíram para o déficit que a empresa acumulou nos últimos 12 anos.

LEIA MAIS

Presidente da Cagepa prevê para maio fim do racionamento em Campina

Hélio Cunha Lima, presidente da Cagepa (Foto: 24HorasPB)

Entrevistado na tarde de hoje (5) no programa Rádio Verdade, da Arapuan FM de João Pessoa, o engenheiro Hélio Cunha Lima disse que o racionamento de água em Campina Grande deve acabar completamente em maio próximo.

LEIA MAIS

Desperdício de água tratada na Paraíba é uma vergonha, mas governo faz festa e propaganda

Ao anunciar ontem (4) que não vai privatizar a Cagepa, o governador Ricardo Coutinho e seu aparelho de propaganda aproveitaram para dourar ao máximo a pílula da companhia, vendendo-a ao distinto público como uma das mais eficientes do Nordeste, administrativa e operacionalmente falando.

LEIA MAIS

Moradores revoltados podem bloquear água da Transposição em Monteiro

Prefeita Ana Lorena, de Monteiro (Foto: Portal TV Cariri)

Falando na tarde de ontem (23) à rádio CBN João Pessoa, a prefeita Ana Lorena, de Monteiro, disse que o açude Poções, do município, já tem água suficiente do Rio São Francisco para normalizar o abastecimento da população local, mas a Cagepa nada faz nem explica porque não faz, causando revolta entre os moradores da cidade.

LEIA MAIS

Água da Transposição chegou aos açudes de Monteiro, mas não às casas de Monteiro

Açude Poções, em Monteiro (Foto: WhatsApp)

A água do Rio São Francisco chegou há dez dias aos açudes de Monteiro, no Cariri Paraibano, mas ainda não apareceu nas torneiras das residências da cidade. Os moradores culpam a Cagepa, que não teria adotado em tempo hábil as providências necessárias para regularizar o abastecimento local.

LEIA MAIS

Fulgêncio: faltas constantes de água facilitam surtos de dengue em João Pessoa

Adalberto Fulgêncio, secretário municipal de Saúde (Foto: Dércio.com)

Cruz das Armas, Varjão, Rangel e Alto do Mateus. Esses seriam os bairros de João Pessoa mais vulneráveis a surtos de dengue, zika ou chikungunya, em razão das constantes faltas da água tratada fornecida pela Cagepa.

LEIA MAIS

Funasa prepara Monteiro para transposição, mas procurador atribui obra à Cagepa

Esgotamento do canal pluvial de Monteiro seria o ponto crítico da obra de esgotamento (Foto: Ernane Gomes/MPPB)

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) anunciou ontem (8) que vai garantir 98% de saneamento básico de Monteiro e, com isso, afastar o risco de poluição por esgotos das águas do São Francisco que vão entrar na Paraíba pelo Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco a partir de março.

LEIA MAIS

Cagepa explica contas individuais em condomínios e comissionados

Em resposta à denúncia do comerciante Feliciano Cordeiro, de Campina Grande, aqui publicada na quarta-feira (18), a Cagepa esclareceu hoje (20) que não obriga qualquer condomínio residencial a individualizar conta de água. No mesmo esclarecimento, desmentiu possuir mais de 2 mil comissionados.

LEIA MAIS

Comerciante denuncia “mais um absurdo” praticado pela Cagepa

O comerciante Feliciano Cordeiro, de Campina Grande, denunciou nesta quarta-feira (18) “mais um absurdo” que estaria cometendo a Cagepa: a imposição a condomínios residenciais do pagamento individualizado do consumo antes pago coletivamente.

LEIA MAIS

Deputada vai à Justiça contra aumentos da Cagepa

Camila Toscano (Foto: Portal Independente)

A deputada Camila Toscano (PSDB) anunciou na tarde de hoje (5) que vai à Justiça contra o aumento de 12,38% na taxa de água e esgoto cobrada pela Cagepa, que também reajustou em 7,87% seus serviços e multas. Os novos valores entram em vigor em 3 de fevereiro próximo.

LEIA MAIS

Paraíba tem a segunda tarifa de esgoto mais cara do Semiárido

cagepa-conta

Com um centavo apenas de diferença em relação a Pernambuco, a Paraíba tem a segunda mais cara tarifa de esgoto de toda região do Semiárido brasileiro. Os valores são, respectivamente, R$ 1,94 e R$ 1,93 por metro cúbico coletado, cerca de 20% maiores que a média da região, que é de R$ 1,60 por m3. As menores tarifas foram observadas nos semiáridos sergipano (R$ 1,01) alagoano (R$ 1,03)  e potiguar (R$ 1,11).

LEIA MAIS

Cagepa descartou outras três alternativas para abastecer Campina

 

 

cagepa alternativas 8A Cagepa não descartou apenas uma possibilidade de livrar Campina Grande e cidades vizinhas da falta total de água até a região ser abastecida pela transposição do rio São Francisco. Além de uma adutora que partiria da barragem de Gramame, na Grande João Pessoa, outras três alternativas foram rejeitadas pela companhia.

LEIA MAIS

Cagepa rejeitou adutora que levaria água de João Pessoa para Campina

(Foto de imagem do Youtube)

(Foto de imagem do Youtube)

Uma adutora de 147 km, saindo do sistema Gramame-Mamuaba (que abastece a Grande João Pessoa) e seguindo o traçado das BRs 101 e 230 até Campina Grande, daria grande contribuição para resolver o problema do abastecimento d´água da segunda maior cidade do Estado e dos demais municípios do Compartimento da Borborema. Uma proposta semelhante a essa foi rejeitada pela Cagepa, revelou ontem (2) o engenheiro civil Marcus Vinicius Fernandes, presidente da companhia.

LEIA MAIS

Stiupb: governo vai vender 25% da Cagepa

Trabalhadores da Cagepa ameaçam nova greve (Foto: Patosonline)

Trabalhadores da Cagepa ameaçam nova greve (Foto: Patosonline)

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb) anunciou nesta quarta-feira (3) que os trabalhadores da Cagepa (Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba), em campanha salarial desde abril, “ameaçam paralisar atividades nos próximos dias, caso não haja avanço nas negociações com a empresa”. O impasse, que entra pelo quarto mês seguido, seria parte de uma estratégia para retirar e flexibilizar direitos dos empregados e na sequência vender pelo menos 25% da empresa à iniciativa privada, denuncia a entidade.

LEIA MAIS

Sindicato denuncia ‘golpe’ da Cagepa contra empregados

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (STIUPB) denunciou ontem (5) uma “tentativa de golpe” contra os funcionários da Cagepa, a empresa estatal responsável por fornecimento de água e rede de esgotos no Estado.

LEIA MAIS