Livro de Robson Nóbrega ‘junta’ Mulungu e Hollywood

Jornalista com mais de 40 anos de ‘batente’, Robson Nóbrega decidiu estrear como escritor compartilhando divertidas histórias que ouviu ou testemunhou em redações diversas. Mas a seleção de material mostrou que menos da metade não caberia sequer em três volumes. Resolveu, então, publicar por enquanto o que há de mais hilário e surreal do acervo de ‘Mulungwood’, a alegre Macondo que o autor construiu no agreste paraibano para dar título ao livro que lança na tarde deste sábado (30), em João Pessoa.

De lançamento agendado para 16h de hoje, estendendo-se até 21h na Livraria Leitura do Manaíra Shopping, a obra de Robson Nóbrega introduz o leitor no mundo fantástico de uma gente simples, engraçada e cheia de ‘chinfras’ nascida ou vinda de um lugar que mistura Mulungu com Hollywood. Um mundo que tem rei: Negão Morais, primeiro e único. Na vida real, o monarca atende pelo nome de Antônio Morais, narrador e protagonista dos ‘moídos e leriados’ que ainda conta e muito mais contava no tempo em que trabalhava com o autor no jornal A União.

Com prefácio do escritor e também jornalista William Costa, ‘Mulungwood’ é publicação da Editora Patmos, fundada pelo saudoso publicitário Carlos Roberto de Oliveira. O livro contém tanto e tantos casos e causos inéditos quanto artigos já publicados por Robson Nóbrega, mas reescritos e adaptados pelo autor, que é campinense da gema, mas se projetou na imprensa paraibana atuando na Capital do Estado. Foi redator e editor multisetorial em O Norte, Jornal da Paraíba e Correio da Paraíba, além de chefe de Redação em A União.

Foi no jornal oficial do Governo da Paraíba onde Robson conheceu Morais, um revisor atento e rigoroso que nos intervalos da jornada de trabalho transformava-se no Negão Morais para fascinar colegas de diversos setores com façanhas e pabulagens dignas de um Malasartes, como pontua a feliz comparação – ou evocação – do prefaciador William Costa. “Foi n’A União, desse jeito, onde adquiri o hábito de ouvir e principalmente rir de muitas histórias que certamente farão o leitor rir também”, lembra – e garante – o escritor Robson Nóbrega.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *