Mais de 2 acidentes por dia deixam sequelas permanentes em JP

(Foto por mera ilustração copiada do site do jornal O povo)

As capitais brasileiras registraram quase 44 mil acidentes de trânsito em 2017, segundo dados do Seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre). São Paulo e Fortaleza lideram o ranking no qual João Pessoa ocupa a 17ª colocação, com média de 2,3 acidentes por dia que deixaram suas vítimas com algum tipo de sequela permanente.

O Brasil teve mais de 245 mil acidentes de trânsito registrados apenas no ano passado. Somente as capitais somaram 43.803 ocorrências, segundo dados de acidentes ocorridos e já indenizados pelo Seguro DPVAT em todo o território nacional em 2017.

São Paulo, Fortaleza e Goiânia lideram o ranking das cidades com o trânsito mais violento. O boletim especial produzido pela Seguradora Líder, administradora do Seguro DPVAT, também revela que, na maior parte dos casos, as vítimas ficaram com algum tipo de sequela permanente. As estatísticas apresentadas no documento ajudam a identificar as regiões com mais acidentes e o perfil dos envolvidos.

De acordo com o levantamento, os paulistas foram as maiores vítimas do trânsito em 2017 com quase 6 mil ocorrências. Entre elas, estão mais de 700 casos de morte e 3,5 mil de invalidez permanente. Logo atrás, na lista de capitais, aparecem Fortaleza (3.908), Goiânia (3.587), Rio de Janeiro (2.877), Teresina (2.493), Belo Horizonte (2.433), Manaus (2.203), Campo Grande (2.052), Recife (1.943) e Curitiba (1.817). Em todas predominam os casos de pessoas que ficaram inválidas (71%). Os acidentes fatais representaram 8%.

Já entre as capitais com menos acidentes estão Vitória (335), em último lugar, seguida de Macapá (390), São Luis (448), Rio Branco (483) e Belém (600).

As regiões Nordeste e Sudeste são as que registram mais ocorrências. A faixa etária mais atingida é a economicamente ativa, de jovens entre 18 e 34 anos. A maior incidência de acidentes também é com vítimas do sexo masculino.

O DPVAT é um seguro de caráter social que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão brasileiro – motorista, passageiro ou pedestre. O DPVAT oferece três perfis de coberturas: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde (até R$ 2.700).

Veja o ranking completo

Posição

Estado

Capital

Total de ocorrências

SP

São Paulo

5.998

CE

Fortaleza

3.908

GO

Goiânia

3.587

RJ

Rio de Janeiro

2.877

PI

Teresina

2.493

MG

Belo Horizonte

2.433

AM

Manaus

2.203

MS

Campo Grande

2.052

PE

Recife

1.943

10º

PR

Curitiba

1.817

11º

RS

Porto Alegre

1.562

12º

RO

Porto Velho

1.550

13º

DF

Brasília

1.499

14º

RN

Natal

1.141

15º

BA

Salvador

1.086

16º

SC

Florianópolis

989

17º

PB

João Pessoa

862

18º

TO

Palmas

803

19º

RR

Boa Vista

748

20º

SE

Aracaju

699

21º

MT

Cuiabá

690

22º

AL

Maceió

607

23º

PA

Belém

600

24º

AC

Rio Branco

483

25º

MA

São Luis

448

26º

AP

Macapá

390

27º

ES

Vitória

335

  • Informações e texto da CDN Comunicação

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *