Paulo Maia divulga nota de esclarecimento

Presidente da OAB-PB culpa assessoria por redação de ofício repudiado por entidades de jornalistas

Não foi redigido conforme sua orientação o ofício através do qual pediu ao ClickPB a despublicação de matéria daquele portal sobre expulsão de advogados dos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba.

É o que afirma Paulo Maia (foto), presidente da OAB-PB, em nota de esclarecimento divulgada no final da tarde de hoje (3), na qual atribui à sua assessoria o teor equivocado do ofício que, segundo entidades representativas dos jornalistas paraibanos, constituiu clara tentativa de censurar e intimidar o ClickPB.

No expediente encaminhado à direção do portal, assinado no dia 27 de julho último, Paulo Maia pede, além da retirada da matéria publicada (dois dias antes daquela data), que o ClickPB revele as fontes das informações sobre processo julgado pelo Tribunal de Ética da OAB-PB.

A nota de esclarecimento da OAB-PB

O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional da Paraíba, vem a público e à imprensa paraibana esclarecer que notificação realizada ao portal ClickPB, não foi expedida em conformidade com a orientação dada à assessoria incumbida de sua elaboração.

A OAB enquanto entidade defensora do Estado Democrático de Direito reafirma o seu compromisso ao princípio constitucional do respeito ao sigilo da fonte e às garantias ao exercício da atividade jornalística, os quais reputa como fundamentais à uma imprensa livre.

Paulo Antônio Maia Silva
Presidente da OAB-PB

Comente Paulo Maia divulga nota de esclarecimento

  1. Pingback: Sindicato dos Jornalistas também repudia ameaças a portal - Blog do Rubão

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *