Calcinha reutilizável e cueca amarela por uma boa causa

Ensaio da Ouseuse em Nova York para lançamento de coleção com o nome da cidade norte-americana (Imagem: YouTube)

Roupa íntima também pode render um bom marketing social. É o que tentam provar duas marcas desse mercado que esta semana anunciaram campanhas beneficentes que vão desde um inusitado reuso de calcinhas, por exemplo, à doação de parte da venda de cuecas.


A mineira Ouseuse informou ontem (11) que criou a Lingerie Reutilizável para lançar no Salão Moda Brasil 2018, que será realizado em São Paulo, entre os próximos dias 18 e 20. Rosana Marques, diretora executiva da empresa, disse que através dessa ação “mulheres de todo o país podem doar suas lingeries que já foram usadas a mulheres dos estados mais carentes do Brasil”.

Instalada há 23 anos em Juruaia (MG), a Ouseuse produz, vende em todo o Brasil e exporta para sete países conjuntos de calcinha e sutiã, corseletes, corserts, cuecas, pijamas, camisolas e robes.

Cueca do bem

Hoje (12), a paulistana Casa das Cuecas comunicou a criação de três modelos de cuecas amarelas para a sua campanha Cueca do Bem, que destinará 10% da receita de vendas ao projeto social Futebol de Rua, que desde 2006 utiliza o esporte como forma de inclusão social de crianças e adolescentes pobres.

A campanha Cueca do Bem começa amanhã (13) e vai até o dia 28 deste mês, com divulgação em todas as lojas da Casa das Cuecas bem como no e-commerce, via newsletter e redes sociais.

  • Com informações de Sheila Costa, da RP.COM, e da MktMix Assessoria de Comunicação

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *