VENEZIANO MUDOU. E ISSO É BOM, por Flávio Lúcio Vieira

Vené mostrou na prática alinhamento ao campo progressista (Foto: Focando a Notícia)

Há uma operação em curso que começa a se utilizar de um discurso aparentemente de esquerda e tem como objetivo igualar responsabilidades no processo de impeachment.

A palavra de ordem que começa a ser repetida por alguns setores interessados como um mantra (“Não voto em golpista”) reduz todas as diferenças que por ventura existam na política da Paraíba a uma só: ter votado ou não a favor do impeachment da presidente deposta Dilma Rousseff.

No plano mais concreto, o que isso significa? Para responder a essa questão não pretendo usar como subterfúgio a análise de situações abstratas. Vou direto ao assunto.

Há um personagem para quem esse discurso é dirigido: Veneziano Vital do Rego, hoje candidato ao Senado pelo PSB. Veneziano votou pela admissibilidade do processo de Impeachment de Dilma Rousseff, o que significou na prática um voto favorável porque decidiu o afastamento temporário da Presidenta do cargo.

Não me lembro de Veneziano ter assumido que errou, apesar de ter repetido por diversas vezes que votar pela admissibilidade do processo não era o mesmo que votar pelo afastamento definitivo de Dilma.

Mas o fato do ex-prefeito campinense começar, através de seus posicionamentos no Congresso, um deslocamento para a centro-esquerda ainda ao longo de 2016 pode sinalizar uma espécie de autocrítica na prática?

Vejamos com Veneziano se posicionou nos grandes temas de interesse da sociedade que a Câmara dos Deputados debateu e votou desde então.

• Veneziano votou A FAVOR dos dois pedidos para que a Câmara dos Deputados autorizasse o STF julgar a denúncia por corrupção passiva contra Michel Temer.

• Veneziano votou CONTRA a Lei que “flexibilizou” a CLT.

• Veneziano votou CONTRA o projeto de lei 4302/98, que permitiu às empresas a terceirização de todas as suas atividades.

• Veneziano já se posicionou publicamente CONTRA a Reforma da Previdência, que ainda não foi votada na Câmara.

Ou seja, se tem um deputado que, depois do impeachment, tem votado de maneira sistemática contra as posições do mercado e a favor do bloco de forças progressistas esse deputado se chama Veneziano Vital do Rego. Não eram essas posições que muitos esperavam de um jovem parlamentar como Veneziano e que, finalmente, se efetivam na prática?

Então, o que explica essa rejeição, essa campanha sistemática desses setores do PT ao nome de Veneziano Vital do Rego, cuja presença na chapa do PSB ameaça até o apoio do partido à candidatura de João Azevedo, o que beira à ingratidão política ao considerar, aí sim, um ato banal a posição firme e corajosa que Ricardo Coutinho assumiu contra o impeachment de Dilma.

Rejeitar a mudança de Veneziano, ao invés de saudá-la e, mais ainda, premiá-la com voto e apoio político, desmerece tanto os esforços que o próprio Veneziano fez, votando contra as maldades do governo Temer contra o povo, quanto o de Ricardo Coutinho, que arriscou seu prestígio quando nem precisava fazê-lo, bastando apenas fazer-se de morto em um momento de extrema gravidade para a história do pais, como muitos fizeram Brasil afora.

Na prática, com atitudes como essa, Veneziano é jogado na vala-comum ao lado de Cássio Cunha Lima, que não apenas liderou, ao lado de Aécio Neves, a conspiração que levou ao impeachment de Dilma, como em seguida apoiou com entusiasmo o governo Temer − lembram do vídeo que Cássio gravou ao lado do presidente ilegítimo quando os dois tentaram colher os louros da Transposição?

Além disso, Cássio votou a favor de todas as reformas propostas por Temer e se alinha ao que há de mais atrasado e antipovo que existe hoje no Brasil e na Paraíba.

Cássio é candidato ao Senado. E comemora e “incentiva” esse movimento contra Veneziano.

E por uma razão muito simples: ele faz o jogo da direita golpista que quer destruir a unidade nacional e dizimar com o que resta de direitos para os trabalhadores.

7 Comente VENEZIANO MUDOU. E ISSO É BOM, por Flávio Lúcio Vieira

  1. Iranilson Disse:

    Amigo se o golpe que vc se refere foi pra golpear o maior golpe já aplicado a uma nação, tem todo meu apoio esse golpe.

  2. Moreira da Silva Disse:

    Rubens Nóbrega seu artigo em defesa de Veneziano é quase uma peça jurídica, pois, além de reduzir os atos do deputado contra nós, ainda trás as toneladas de atos danosos cometidos por Cássio Cunha Lima, fazendo com que, Veneziano seja um excelente menino, diante de Cássio, o carrasco. De fato, é! Na questão particular do afastamento de Dilma, Veneziano assassinou alguém e quer ter a pena perduada oferecendo o caixão para sepultamento de quem, ele, Veneziano também é assassino.

  3. Arael M. da Costa Disse:

    Triste sina essa do a públicos lulistas/dilmistas e demais arrivismo.
    Agora mesmo quando as chamadas “forças progressistas” começam a elogiar o deputado Veneziano, seu envolvimento com os procedimentos que têm marcado a vocação petista para o desastre e para o desvio dos dinheiros públicos, vem a público.
    E, pior…
    Sujou-se, se foi só isto, por uma “merreca”, que nem merece o nome pomposo de “pixuleco”.
    Mas, como ele é novo, integrando-se às forças progressistas que tanto fazem pelo país, logo, logo, aprenderá e alçará novos voos.

  4. rfm Disse:

    É , ele mudou, mas mudou MUITO PARA PIOR. Ele vai pagar muito caro.

  5. RADAR Disse:

    Golpista é quem traiu a confiança popular; traiu o voto, deu as costas prá Nação e assaltou os cofres públicos; permitiu a Bolívia(narcoestado) que nos roubasse uma refinaria por inteiro; enquanto a nação dormia, o golpista petralha entregava o porto de mariel a Cuba, decretando ainda segredo de Estado por 50 anos, para que a nação não tomasse conhecimento da roubalheira. Golpista é quem sob pretexto de emprestar dinheiro, mandou nosso dinheiro, nossa riqueza prá falida e quebrada Venezuela, e prá Moçambique. Golpista é quem dando as costas prá Pátria, incita brasileiro contra brasileiro; um pulha irresponsável. Golpista é o ladravaz, que agora se aproveita da idade prá continuar ludibriando a boa fé dos brasileiros.

    Nós e 200 milhões de brasileiros, que amamos este país, nossa Pátria, somos todos golpistas.

  6. Jose Disse:

    Veneziano tá querendo empregar a mulher e a mãe.
    Na minha opinião, piorou e muito, ao juntar-se aos comunistas do psb que não olham para as pessoas e a prova disto. Perseguem o funcionalismo sem sequer olhar para o dia de amanhã.
    Não terá vez nas próximas eleicoes, e o que vimos até pelos eleitores Campinenses.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *