Lucenina, Fabiano e Roberto serão denunciados pelo MP

O ex-prefeito Luceninha, o radialista Fabiano Gomes e o empresário Roberto Santiago (Fotomontagem: Patosonline)

Vitor Hugo, prefeito em exercício, também deverá ser denunciado por corrupção passiva

O ex-prefeito Luceninha, o empresário Roberto Santiago e o radialista Fabiano Gomes não estão nem serão excluídos de investigação e denúncia do Ministério Público da Paraíba (MPPB) em decorrência da Operação Xeque-Mate.

Luceninha deverá ser denunciado à Justiça por corrupção passiva, Ele é acusado de ter vendido o seu mandato de prefeito de Cabedelo em novembro de 2013, pouco mais de nove meses após tomar posse no cargo para o qual foi eleito em outubro de 2012.

Por conta da ‘compra de Luceninha’, Roberto Santiago, pretenso financiador da transação para favorecer o então vice-prefeito Leto Viana, deverá responder a processo por corrupção ativa. Juntamente com Fabiano Gomes, que delator da Xeque-Mate aponta como o ‘homem da mala’ de dinheiro entregue ao ex-prefeito.

Vitor Hugo também não está ‘livre’

Prefeito em exercício de Cabedelo, o vereador Vitor Hugo também não está livre de ser denunciado por corrupção passiva pelo MPPB.

Segundo investigações e imagens já reproduzidas inclusive pelo Fantástico da Rede Globo, ele é um dos flagrados recebendo envelope da Leila Viana, secretária de Leto Viana, preso no último dia 3 pela Operação Xeque-Mate. A entrega foi feita em sala da Prefeitura Municipal.

Vitor Hugo disse semana passada que o tal envelope não continha propina e, sim, o seu salário de vereador. Uma explicação questionável, no mínimo, considerando que vereador não recebe salário em Prefeitura, mas na própria Câmara.

Aliás, nem precisa comparecer e receber no lugar onde dá expediente. Com as tecnologias de que dispõem tanto os bancos como as fontes pagadores do poder público, salários, subsídios e proventos em geral são depositados diretamente na conta corrente do servidor.

6 Comente Lucenina, Fabiano e Roberto serão denunciados pelo MP

  1. Selma Mello Disse:

    Rubens, além destes é preciso que o MP atente também para o atual de secretário de Saúde de Cabedelo, o senhor Jairo Gama. Os PSf’s não têm sequer uma simples dipirona para dor de cabeça. O hospital está sucateado e as farmácias estão vazias. Enfim, um caos anunciado há muito tempo. Alô, MPE e PF, pra também de colocar em xeque-mate este secretario!

  2. José Caetano Martins Disse:

    Pra justiça ser feita por completa, além da prisão, deveriam devolver todo o numerário recebido por cada um dos ladroes envolvidos.
    Com o dinheiro roubados daria pra ter feito moradia pra todos os moradores que estão prestes a perderem suas casas envolvidas no projeto(DNIT de duplicação da BR.
    cadeia neles!!!

  3. RADAR Disse:

    Selma, concordo plenamente. Não existe saúde pública em Cabedelo e a orientação é que “…vá prá João Pessoa”
    Não existe segurança pública. Assaltos e arrombamento de casas, principalmente na Orla Cabedelense é algo assustador. A delegacia da Polícia Civil só funciona até as 17:00 horas, e as ocorrências da noite devem ser dirigidas a João Pessoa. A noite não vemos uma viatura sequer da PM. Sobra para Guarda Municipal que tem apenas 130 guardas efetivos, para cobrir 146 prédios públicos e a população. E Assim é nos finais de semana.
    Uma cidade de praias lindas, de povo bom, trabalhador e honesto, mas abandonada e cheia de ratos.
    Se algum empresário se dispusesse a implantar uma fábrica de ratoeiras em Cabedelo, ficaria milionário !!! Êta ratazanas !!!

    ACORDA POVO !!!

  4. Jose Lins Disse:

    Quando você fala demais e não respeita o próximo tem um motivo. Porque só este cidadão se diz que é honesto, porque só este cidadão tem o direito de chamar as mulheres de escrota, porque este moleque tem o direito de não respeitar os seres humanos.
    Ninguém quer saber o que este cidadão adquiriu logo após comprar os seus sapatos aos 16 (dezesseis) anos como repete esta frase todos os dias.
    Ganhou dinheiro, não importa para os paraibanos o que importa e se ele pagou os seus impostos e declarou os seus bens na Receita Federal. O “X” demais se não a vez é só cadeia nele.
    Por estar atrás de uma emissora de radio ou de televisão não lhe dar o direito de ficar impune. Se errou cadeia nele para fazerem dele uma menininha e vomitar toda a sua arrogância e seu mau caráter que é.
    Errou tem que pagar pois cadeia foi feito para bandido branco, preto, gordo, magro e canalha.
    O caso é que ele queira ou não será excluído de investigações juntamente com o seu amigo Roberto Santiago.
    Este cidadão esqueceu dos dez mandamentos e partiu para tudo o nada em sua vida.
    Nunca será um símbolo vivo de seu tempo, tentando reencontrar um destino e redefinir o significado de sua vida ou de sua história. Nada poderia ser mais significativo de sua vida se seu passado que se diz glorioso, não poderia ser mais significativo de sua busca do fato de que remate sua vida dedicada a atividades sujas.
    A essência das artes vocais não insere na mesma tendência a motivar posteriormente o citado guerreiro se transforma em canalha.
    Vem, depois, do lado do ouvinte, a abordagem errada que se fez nas suas palavras. Se ele procurou ali um tratamento errada para seus discursos, há hora chegou para ser desmascarado.
    Surgem, em terceiro lugar, especificamente para o ouvinte, as dificuldades adicionais representadas, de um lado, pelas expectativas não menos absurdas de um radialista filosófico com ineptas caindo no mar de lama.
    Impossível de ser absolvido com uma única leitura de seu amigo Heron a ser adotada como uma bíblia de comportamento.

  5. Guilhermebarreto Disse:

    O que fizeram contra a não construção do shooping foi algo impensavel, coisa de provincia, de terra sem lei. È preciso que a justiça seja feita e sejam desmascarados e presos esses elementosl

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *