DIA DUPLAMENTE TRISTE, por Arnaldo Costa

(Imagem: TecMundo)

A última sexta-feira (6) foi um dia duplamente triste para a política de uma forma geral. O Brasil e a Paraíba, em particular, viveram momentos de expectativas e ansiedade.

As notícias giravam em torno da tão esperada prisão do Lula e do anúncio do Ricardo Coutinho se ficava ou não como Governador.

A primeira cena triste foi ver pela TV um ex-Presidente da República feito uma ratazana acuada num dos buracos daquele Sindicato de pelegos militantes do PT, CUT, PCdoB, PSol e outras facções de tendências socialistas e comunistas, além do batalhão de milicianos do MST.

Mesmo contrário às ações e posturas e ideário dessas facções nebulosas, fiquei triste em ver aquelas cenas deprimentes envolvendo o Luiz Inácio, um político que representava a esperança para a maioria dos brasileiros (menos eu) para sanear tudo que era de errado na política deste país.

Mas não o fez. Pelo contrário, foi o mentor de uma série de bandalheiras, chegando a quase quebrar a nossa maior empresa, a Petrobras. Tanto isso é fato que todos os seus maiores aliados e até tesoureiros do PT foram processados e condenados por corrupção passiva e ativa, formação de quadrilha e outros crimes contra a economia nacional.

Outra notícia também triste foi o anúncio do RC em continuar à frente do Governo do Estado da Paraíba. Digo triste porque ele representa muita coisa ruim para o futuro deste Estado. Trata-se de um político de origens socialistas e comunistas. Lembro que ele veio de uma fornalha de PTralhas, de onde saiu porque não lhe deram oportunidade de liderança e pela sua costumeira arrogância.

No seu anúncio alegou que permanecer como Governador seria o melhor para a Paraíba. Socialista tem uma qualidade: sabe mentir de forma cínica. Na verdade, essa decisão é melhor para ele que vai brigar pra colocar no Palácio da Redenção um “poste” guardando o seu lugar até 2022 quando pensa em voltar ao poder como Governador do Estado.

Dizem que esse “poste” é uma pessoa competente. É a mesma estratégia utilizada pelo Luladrão quando jogou no Palácio do Planalto a tonta da Dilma. Ela era tida como competente, mas competente pra cumprir ordens vindas do Lula e exclusivamente do Lula, mesmo contrariando posições dos PTralhas.

Pelo lado doméstico, muitas categorias de servidores públicos se sentem tristes. Para não me alongar, cito os servidores do FISCO, os policiais civis, os agentes penitenciários, os policiais militares da reserva, os professores e funcionários da UEPB, os servidores das Secretarias da Saúde e da Educação, entre outras.

Para nos consolar, resta uma reflexão sobre um trecho da Bíblia: “Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR de todas o livra” Salmo 34:19.

Mas naquela sexta feira nem tudo foi de tristezas. Houve a alegre notícia de que o Ministro Joaquim Barbosa teria se filiado a um partido político. Pelo menos, há uma pessoa digna a ingressar na política, essa política tão desacreditada e até desmoralizada.

Precisamos apelar a esse homem correto que vá para o Congresso Nacional, pois é de lá que surgem todas as reformas que o Brasil precisa, inclusive a reforma política. Ele como Presidente da República nada ou quase poderia fazer, se houver a repetição da mediocridade da atual composição desse Congresso Nacional tão desmoralizado e cheio de parlamentares envolvidos na Lava Jato.

Queremos um Brasil verde amarelo e não um Brasil com cores vermelhas!

O Brasil não é uma Venezuela!

Por fim, faço questão de saudar a firme decisão mais recente do ilustre Juiz Sérgio Moro!

  • O autor é Professor de Administração Pública, Coronel da Polícia Militar, Pós-Graduado em Filosofia

2 Comente DIA DUPLAMENTE TRISTE, por Arnaldo Costa

  1. Herbert Disse:

    Que texto fraco, parcial e cheio de jargões. Parece comentário de facebook

  2. RADAR Disse:

    É tudo muiiiiiiiiito triste !

    Um ex-presidente que tenta transformar seus crimes comuns em crime político e incendiar o País; expor o nosso Brasil à opinião pública internacional, buscando daí tirar proveito, com o apoio dos petralhas.

    Observamos, um bando de ladrões seguir seus exemplos e assaltar aos nossos olhos, uma cidade como Cabedelo.

    Observamos um Governador que não confia as chaves do erário estadual nem mesmo à sua Vice-governadora.

    Observamos um Prefeito que não será candidato, por que teme a CPI da Lagoa, o maior escândalo da história desta Cidade.

    Observamos um Governador que ataca o Prefeito, quando o prefeito lhe apoiou e foi seu Vice-Governador, ou seja cuspindo no prato que comeu.

    Observamos as candidaturas sendo resolvidas em restaurantes, cozinhas, casa de praia etc., para depois serem comunicadas aos prestadores de serviços nas famigeradas e farsantes convenções partidárias. Êta modelinho de sistema eleitoral pervertido e imoral!

    que Deus nos ajude !

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *