Servidor acumula defasagem salarial de 50% sob Ricardo

Centro Administrativo do Estado, em João Pessoa (Foto: Antônio Davi)

O Sindicato dos Auditores Fiscais da Paraíba (Sindifisco-PB) fez os cálculos e concluiu que chegou a 50% a defasagem salarial dos servidores do Estado nos últimos sete anos.

A informação consta do último boletim eletrônico Fisco em Dia, divulgado neste final de semana pela entidade em seu portal na Internet. Para chegar ao resultado, o Sindifisco baseou-se no fato de que o funcionalismo público estadual “amargou” reajuste da ordem de 12% sob o governo de Ricardo Coutinho.

– Nos últimos anos, os servidores públicos, em especial os aposentados e reformados bem como os pensionistas amargaram reajuste de apenas 12,51% (2011 – 0%; 2012 – 3%; 2013 – 3%; 2014 – 5%, 2015 – 1%, 2016 – 0%; 2017 – 0%) – informa o Sindicato.

O Sindifisco mostra que a defasagem salarial de 50% e o reajuste de apenas 12,51% se contrapõem a um expressivo aumento da arrecadação própria do Estado entre 2010 e 2017.

“O empenho das auditoras e dos auditores fiscais paraibanos garantiu aos cofres públicos incremento superior a 109,64 % na arrecadação própria do Estado da Paraíba, entre os anos de 2010 (R$ 2,655 bilhões) e 2017 (R$ 5, 567 bilhões), resultando no aumento de R$ 2,912 bilhões. No mesmo período, a inflação foi 53,84%”, destaca o Fisco em Dia.

4 Comente Servidor acumula defasagem salarial de 50% sob Ricardo

  1. Rogério Disse:

    Com todos os problemas do país que nos deixa em situação dificil, imagine com uma defasagem dessa.

  2. Vamberto batista dia. Disse:

    Lamentável esse governo e mentirozo mesmo

  3. Newton Disse:

    Isso é uma vergonha !

  4. maria Disse:

    E esse Governador ainda quer nos representar no Senado e eleger se sucessor…o servidor so tem uma resposta a dar ..votar contra ele nas proximas eleições!!!

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *