Dúvidas e incertezas cercam futuro político de Cartaxo

Cartaxo e Maranhão em foto de outubro de 2017 que traduziria o clima atual entre os dois (Foto: Blog do Ricardo Pereira)

Passada toda a excitação em torno do julgamento de Lula, as atenções políticas dos paraibanos, principalmente aqueles que gostam de falar, ouvir e discutir sobre política, voltam-se agora para a sucessão estadual nas eleições deste ano.

No cenário atual, o processo é naturalmente cercado de tantas dúvidas e tantas especulações que a rigor, a preço de hoje, ninguém pode dizer quem é ou será candidato a qualquer dos cargos em disputa, principalmente se a disputa for pelo cargo de governador.

Concorre para tamanha incerteza a indefinição que tomou conta do futuro e do projeto político do prefeito Luciano Cartaxo, de João Pessoa. Até dois meses atrás, Cartaxo era tido como o nome mais forte das chamadas oposições para concorrer à sucessão do governador Ricardo Coutinho.

Hoje, Cartaxo é personagem central de pelo menos duas dúvidas razoáveis. A primeira, é se ele vai trocar a certeza de mais dois anos e meio à frente da Prefeitura da Capital e, portanto, à frente do segundo maior orçamento público da Paraíba (cerca de R$ 3 bilhões), por todas as incertezas que cercam uma candidatura – como a dele – ao Governo do Estado.

A segunda grande dúvida que ronda o prefeito da Capital é se Cartaxo trocará o que lhe resta de mandato por uma candidatura que agora tanto pode ser de oposição como de situação, considerando que semana passada foi uma grandeza o que informaram e especularam sobre um suposto encontro entre o prefeito de João Pessoa e o governador.

Pessoas próximas ao prefeito com as quais conversei garantem que esse encontro não existiu, mas nenhuma delas descartou que conversas voltem a ocorrer, a exemplo que aconteceu em 2014, quando Cartaxo e Ricardo subiram no mesmo palanque e se uniram em torno da então candidatura petista de Lucélio Cartaxo ao Senado.

Os mesmos interlocutores do blog sabem que se antes já era muito difícil a união das oposições na Paraíba, agora é quase impossível. Tudo graças à firme disposição com que o senador José Maranhão, que nunca foi tão oposição assim a Ricardo, caiu na estrada em campanha aberta pela chance de disputar pela quarta vez o Governo do Estado.

  • Comentário nesta segunda-feira (29) para o quadro Bancada CBN do programa CBN João Pessoa, da rádio do mesmo nome

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *