Reunificado na Paraíba, PT lança Luiz Couto para o Senado

Reunião da Executiva do PT estadual (Foto: Divulgação)

Reunida na noite de ontem (20) em João Pessoa, a Executiva do PT na Paraíba definiu as diretrizes políticas do partido para o Estado no próximo ano e lançou o nome do deputado federal Luiz Couto como pré-candidato ao Senado.

As decisões estão contidas em resolução aprovada pelo órgão partidário, algo somente possível após a celebração de um pacto pela unidade entre as tendências internas, que também se uniram em torno da candidatura de Lula a Presidente da República em 2018.

Após o encontro dessa quarta-feira, o PT divulgou nota informando que a partir de janeiro todos os diretórios estaduais montarão comitês em defesa da democracia e da candidatura de Lula.

O comitê paraibano será inaugurado no dia 13 de janeiro, em João Pessoa. Será formada ainda uma caravana para se juntar a outras de todo o país que estarão em Porto Alegre no dia 24 do próximo mês para prestar solidariedade a Lula, que naquela data será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado na capital gaúcha.

Já em relação à política de alianças visando à disputa pelo poder em 2018 na Paraíba, Jackson Macedo, presidente do PT, indicou que o partido deve se manter no bloco liderado pelo governador Ricardo Coutinho, do PSB, e espera compor uma “chapa progressista” com o partido governista no plano estadual.

Sobre a pré-candidatura de Luiz Couto ao Senado, Macedo disse que é preciso eleger um senador de esquerda na Paraíba, projeto que segundo ele pode influenciar um aumento da bancada petista na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados.

Comente Reunificado na Paraíba, PT lança Luiz Couto para o Senado

  1. Arnaldo Silva Costa Disse:

    Esses petralhas não têm jeito. Parece que esse pessoal vive na Suécia, Dinamarca ou Bélgica. Ainda não viu nem ouviu o que esse partido fez com esta Nação. Por outro lado, há de considerar que muitos deles continuam acreditando ou sendo pagos para prosseguir o projeto traçado em bases no decálogo de Lênin.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *