Cartaz denuncia vazamento que Cagepa não consegue localizar

Cartaz postado na calçada da Beira-Rio, esquina com rua que dá acesso à comunidade Padre Hildon

Há quatro meses, como diz o cartaz da fotografia, moradores da Comunidade Padre Hildon Bandeira (Torre), em João Pessoa, esperam a Cagepa consertar um vazamento que, além do desperdício, deve privar consumidores locais de água tratada.

O blog tentou na tarde de ontem (12), por volta das 17h, obter informações e esclarecimentos através do número de atendimento 155, da Cagepa. No momento da ligação, porém, o sistema estaria fora do ar, impossibilitando localizar qualquer registro do problema denunciado pelo cartaz.

Após o insucesso do contato telefônico, foi enviado idêntico pedido de informações e esclarecimentos através do canal de mensagens da empresa no Facebook. A resposta chegou na manhã de hoje (13), nos seguintes termos:

“Nossa equipe foi ao local na tarde de ontem, mas não conseguiu encontrar o vazamento. Gostaríamos de saber, se possível, o endereço completo ou de algum número de protocolo registrado pelos moradores”.

Retornando, o blogueiro lamentou não saber o local exato do vazamento ou de algum número de protocolo de queixa ou solicitação eventualmente encaminhada por moradores da Padre Hildon.

Lamentável, também, que a equipe designada para atender àquela comunidade – conforme informado – não tenha se informado no local sobre algo que parece ser tão básico em serviços de conserto por uma companhia de água e esgotos.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *