Número de mulheres assassinadas na Paraíba deve cair em 2017

O número de mulheres assassinadas na Paraíba de forma intencional deve ser menor este ano, comparando com o que ocorreu em 2016. Nos últimos 11 meses, 74 mulheres foram mortas no Estado, o que representa 16 homicídios a menos em relação ao mesmo período – janeiro a novembro – do ano passado.

O dado foi revelado pela Coordenação das Delegacias de Atendimento a Mulher da Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social (Sesds), com base em levantamento do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) do órgão sobre os chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Essa e outras informações sobre violência contra a mulher na Paraíba fazem parte da divulgação do Seminário ‘Lei Maria da Penha e o Feminicídio’ que será aberto na noite de hoje (6) em João Pessoa, com palestra de Wânia Pasinato, da ONU Mulheres no Brasil.

Ainda segundo a Coordenação das DEAMs, até setembro passado foram instaurados 2.501 inquéritos policiais, foram solicitadas 2.780 medidas protetivas e realizados 4.028 boletins de ocorrência sobre ameaças e agressões a mulheres.

Todas as denúncias foram recebidas por 13 delegacias especializadas e dois núcleos que atendem aos casos de violência contra a mulher em todo o Estado.

O seminário sobre Lei Maria da Penha e feminicídio prossegue e termina amanhã (7) na Academia de Polícia Civil (Acadepol), às margens da PB-008, em Jacarapé.

Para saber mais sobre o evento, inclusive sobre como se inscrever e participar, clique aqui.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *