Estudantes de JP colocam ditadura no banco dos réus

Alunos do Sesqui em atuação no júri simulado (Foto: Ascom/JFPB)

A ditadura militar no Brasil foi colocada no banco dos réus e será julgada amanhã (29) em júri simulado protagonizado por alunos do 9º ano do ensino fundamental do Colégio Estadual Sesquicentenário, de João Pessoa.

Parte de projeto pedagógico da escola, o júri simulado começou a ser realizado ontem (27) em auditório do Fórum da Justiça Federal da Paraíba, no Conjunto Pedro Gondim. Será repetido a partir das 13h desta quarta-feira e terá uma nova sessão na próxima semana, nos mesmos dias e horário.

“No júri, os jovens desempenham papéis de juízes, advogados de defesa, de acusação, promotores, testemunhas e réus”, informa a JFPB, acrescentando que este é o segundo ano do projeto e conta com total apoio do Conselho de Pais e Alunos do Sesquicentenário, segundo Ana Maria Mendes de Souza, que integra o colegiado.

Por sua vez, o juiz Bruno Teixeira de Paiva, diretor do Fórum, manifestou sua aprovação ao júri simulado como estratégia de ensino, “uma vez que estimula o senso crítico, a participação e a reflexão dos alunos”.

  • Com informações e texto da Assessoria de Comunicação da JFPB

Comente Estudantes de JP colocam ditadura no banco dos réus

  1. Arael M. da Costa Disse:

    Por que eles não colocam, também, nesse mesmo banco de réus os governos mais recentes, da chamada “redemocratização”, cujos integrantes – corruptos e venais da república, vêm causando verdadeiro genocídio nos segmentos mais baixos de nossa sociedade?

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *