Há dez anos, um lançamento transformou nossa relação com a tecnologia

Há dez anos chegavam às lojas os primeiros iPhones, aparelhos que abriram caminho para os smartphones hoje onipresentes

O primeiro iPhone da história chegava às lojas norte-americanas há exatos dez anos, momento que, segundo especialistas, revolucionou a indústria de celulares e também a forma como eles passaram a ser usados.

Se em 2017 o smartphone já se encontra em sua sétima geração e próximo ao lançamento da seguinte, mantendo sua posição de melhor do mundo, em 2007, ano em que sua primeira versão foi apresentada ao mundo, eram considerados os melhores e mais sofisticados do mercado dispositivos como o MotoQ, BlackBerry, Nokia E62 e Palm Treo.

O iPhone foi anunciado por Steve Jobs com grande expectativa seis meses antes de seu lançamento, no dia 9 de janeiro de 2007 – um dia que, segundo o ex CEO da Apple, era esperado há dois anos e meio:

“Hoje nós estamos introduzindo três produtos revolucionários desta classe: um iPod revolucionário com tela touchscreen, um telefone móvel revolucionário e um navegador de internet disruptor. Tudo isso em somente um dispositivo. E nós o chamamos de iPhone. Hoje a Apple vai reinventar o celular”, começou o CEO a apresenta-lo durante a Keynote.

Na época, de fato o iPhone foi considerado revolucionário: diferente dos demais smartphones do mercado, ele não contava com teclado físico, mas sim touchscreen, e trazia também a tela multitoque, característica que nenhum outro dispositivo com capacidade touch tinha; foi o primeiro celular a criar uma loja de aplicativos, a App Store; também o primeiro a incluir o acelerômetro, tecnologia que adapta a tela do dispositivo quando ele passa a ser usado na horizontal e vice-versa; seus sensores, que eram capazes de desligar a tela quando o usuário leva o smartphone à orelha; lançou seu próprio navegador de internet; e também o fato de ter interface do usuário diferente das demais do mercado.

Algumas das caraterísticas do primeiro iPhone eram, além do acelerômetro e das já comentadas, eram sua tela de 3,5 polegadas de LCD, a capacidade de conexão 2G EDGE, uma câmera de 2 Megapixels e capacidade de 4GB de armazenamento.

É visível o quanto o iPhone evoluiu ao longo dos anos tendo em vista que o iPhone 7 Plus, último lançamento do smartphone, tem características como: tela de 5,5 polegadas de LED com tecnologia 3D Touch, leitor de biometria, câmera de 12 megapixels com zoom ótico, capacidade para gravar vídeos em 4K, conexão 4G e capacidade de armazenamento de até 256 GB.

O primeiro iPhone teve mais de 6 milhões de unidades vendidas em seu primeiro ano de lançamento, com preços que, nos Estados Unidos, partiam de US$ 499.

  • Do Infomoney, com Gazeta do Povo

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *