Charliton: Direção Nacional do PT reconhece ‘plenamente’ eleição de Macedo na Paraíba

Charliton Machado (Foto: Blog do PTPB)

Ex-presidente do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, o Professor Charliton Machado revelou hoje (16) ao blog que a eleição do sindicalista Jackson Macedo no dia 6 deste mês, para presidir a legenda no Estado, foi reconhecida plenamente pela Direção Nacional do PT.

Charliton rebateu informações publicadas ontem (15) neste espaço sobre a expectativa de que a Justiça venha a se pronunciar ainda esta semana, de forma conclusiva, sobre a validade do Congresso Estadual do PT no qual Macedo foi eleito novo presidente do PT. Isso porque a realização do encontro é alvo de mandado de segurança impetrado pela chapa Muda Partido, de oposição.

Segundo o ex-presidente, “carece de absoluto conteúdo de verdade” a afirmação dos adversários de que o congresso petista foi irregular porque não credenciou os delegados da chapa oposicionista, obrigando-a a fazer um encontro paralelo (no Hotel Ouro Branco, em João Pessoa) no qual foi eleito presidente do PT o deputado estadual Anísio Maia.

De acordo com a ação, que tem como autores, além de Anísio, o também deputado estadual petista Frei Anastácio e o federal Luiz Couto, a atual direção partidária não respeitou o resultado das eleições diretas realizadas em 12 de abril passado, quando a Muda Partido teria se saído vitoriosa e, portanto, com direito a um maior número de delegados ao Congresso Estadual.

Representados pelo advogado José Samaroni, os parlamentares obtiveram duas liminares nas quais o juiz da 15ª Vara Cível da Capital reconhece a vitória da oposição e determina o credenciamento de 120 delegados da chapa Muda Partido. Mas essas liminares, garantem os deputados, não foram obedecidas por Charliton e seus companheiros de diretoria.

O ex-presidente assegura, no entanto, que ele e os demais dirigentes estão muito tranquilos quanto ao desfecho do professo judicial, “pois seguimos rigorosamente todo o regramento partidário”. E arremata: “Não à toa que existe um único resultado do congresso partidário, este já reconhecido plenamente pela Direção Nacional do PT bem como não temos dúvida do cumprimento legal e dos seus desdobramentos”.

Charliton lamenta, por fim, “que os nobres parlamentares, no momento de crise nacional, não tenham capacidade de fazer o debate no ambiente das instâncias partidárias, desgastando ainda mais a imagem do PT na opinião pública paraibana”.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *