Escola pública de JP mostra que a ‘geração digital’ também escreve e manda cartas

Alunos da Escola Municipal Fenelon Câmara, do Geisel

Estudantes de 12 e 15 anos de idade, matriculados na Escola Municipal Fenelon Câmara, do Geisel (João Pessoa), devem se sentir felizes e otimistas quanto ao futuro. Porque estudam em uma escola pública onde eventuais precariedades e adversidades não impedem que tenham acesso a um ensino de qualidade, ministrado por professores qualificados e abnegados.

Que o digam os alunos de Raíssa Santos, Professora de Português, que não se limita a ensinar as coisas da gramática e da língua em aulas que se resumem a giz e quadro negro. Sabem como é Aulas tipo “professor falando, classe ouvindo”, apenas. Do mesmo modo, não creio que nas aulas dela haja espaço para bagunça ou brincadeiras que desviem a razão de ser de uma escola e a atenção de quem lá estuda. Aposto como a dinâmica em sala não dá tempo para perda de tempo.

Dou testemunho da criatividade e diversidade com que a Professora Raíssa transmite conteúdos. Conhecimentos que seguramente atuam feito suplementos enriquecedores do processo de ensino-aprendizagem na Fenelon Câmara. Quem clicar aqui vai ler e sentir o que pude ver e sentir ano passado, por exemplo, quando estive na escola para assistir à homenagem que ela e seus pupilos de nona e oitava séries prestaram aos compositores Antônio Barros e Cecéu.

Os alunos levaram suas cartas à agência central dos Correios, no Cristo

Por essa e outras, não foi surpresa saber que ontem (25) a Professora Raíssa levou uma turma aos Correios e Telégrafos, no bairro do Cristo Redentor, onde pelo menos 15 de seus alunos postaram cartas que escreveram para familiares e amigos como exercício de uma escrita diferente daquela a que estão habituados nas teclas de um celular ou computador.

“Quem disse que a geração nativa digital não manda carta?”. A pergunta (formulada pela própria professora) junta-se a uma resposta previsível e dá a chave que abre as portas do entendimento fácil sobre propósito e objetivo alcançado no novo projeto de Raíssa na Fenelon Câmara: “Na Trilha da Leitura e da Escrita”. Para entender melhor ainda, é bom ver como ela mesma resume a atividade. Assim:

Para finalizar os estudos acerca do gênero textual ‘Carta Pessoal’, fomos aos Correios para que todos pudessem ter a sensação de como é enviar uma carta! O projeto será desenvolvido por todo ano. 

Faz um mês que começamos e quero trabalhar diversos gêneros textuais, começando pelo passo a passo da estrutura de cada gênero, até a prática. Ou seja, os alunos vão conhecer os objetivos e a função social, para depois partirem para escrita. Meu sonho é poder publicar as melhores produções feitas durante o ano.

O primeiro gênero que estamos estudando é a carta pessoal. Iniciamos com a exibição do filme ‘Central do Brasil’, discutimos a questão do analfabetismo e da importância de uma ‘escrevedora’ de cartas para aqueles que não sabem ler nem escrever. Depois, vimos a estrutura e vários exemplos de cartas. Enfim, a proposta: escrever uma carta e levá-las aos Correios.

Cada aluno viveu a experiência de postar uma carta nos Correios

  • Fotos: Raíssa Santos

4 Comente Escola pública de JP mostra que a ‘geração digital’ também escreve e manda cartas

  1. Gabi Branco Disse:

    Parabéns, professora e alunos, o empenho de vocês nesse projeto é inspirador.

  2. Maria José dos Santos Disse:

    Parabéns Professora Raíssa Santos pelo projeto. Parabéns ao alunado. Que bom que essa meninada está tendo a oportunidade de vivenciar uma experiência tão rica. De fato, é muito inspirador e serve de exemplo para nós. Melhor ainda, é ter um amigo jornalista( Rubens Nóbrega), que valoriza as coisas positivas, e é capaz de publicá-las, pois a imprensa em sua maioria, corre atrás de notícias ruins. E nós, queremos conhecer experiências que acrescentem em nossas vidas. Parabéns a Escola Municipal Fenelon Câmara, João Pessoa-Pb.

  3. Telma Melz de Oliveira Disse:

    Professora competente que tem amor ao que faz. A alegria em ser mediadora de conhecimentos reflete em seu sorriso quando adentra a escola. Cativante. Responsável. Comprometida com a vida dos alunos e com o futuro que será proveniente das decisões deles. Parabéns a Raissa. Parabéns Rubens pela valorização da educação e prestigiar pessoalmente o nosso ambiente escolar.

  4. Thalita araujo Disse:

    Nossa adoro essa escola ❤❤❤❤sempre estarei no fenelon não troco por escola alguma

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *