Representantes comerciais acusam Deca de ameaçar categoria com projeto tipo ‘vergonha alheia’

deca-do-atacadao

Um dos memes criados por representantes comerciais para bombardear o projeto Deca

O suplente de senador Deca (PSDB/PB) ameaça marcar com um daqueles projetos que causam ‘vergonha alheia’ aos cidadãos a sua curta passagem pelo Senado em substituição ao senador titular Cássio Cunha Lima, do mesmo partido e da mesma Paraíba, que se licenciou para tratamento de saúde. Eis a opinião de dez entre dez representantes comerciais que se veem ameaçados em direitos conquistados desde 1965, ‘graças’ à iniciativa parlamentar do empresário paraibano.

A proposta Deca vem a ser o projeto de lei do Senado nº 410/2016, com o qual pretende alterar a Lei nº 4.886, de 9 de dezembro de 1965, que regula as atividades dos representantes comerciais autônomos, “para atualizar as normas que regulamentam a profissão”. Na justificativa do seu PLS, o homem do Lojão do Rio do Peixe explica que o seu propósito é “tornar mais previsíveis e transparentes as expectativas recíprocas das partes envolvidas na transação e o consequente aumento da segurança jurídica e da eficiência econômica”.

No mesmo papel, o suplente de senador no exercício do mandato reconhece que os representantes comerciais “são de grande importância para os consumidores, que mesmo morando nos menores centros, têm acesso aos mesmos produtos que os consumidores dos grandes centros urbanos”. E destaca ainda “a importância destes trabalhadores para as empresas que podem fazer os seus produtos chegarem a todo o país sem a necessidade de instalação de filiais em todos os estados; o que em muitos casos, não compensaria o investimento”.

Mas, apesar do reconhecimento e elogios, Deca entende que “o quadro normativo que rege a profissão foi formulado há mais de 50 anos e merece ser atualizado para responder às novas circunstâncias dos mercados nacional e global”. Nesse ponto, aqueles que o empresário reconhece e elogia discordam radicalmente do projeto apresentado e acusam o autor de legislar em causa própria para favorecer negócios dele e de outros, ao mesmo tempo em que prejudica toda uma categoria que na verdade se organiza e se fortalece há mais de 50 anos e tem seus reais interesses defendidos pelo Conselho Federal de Representantes Comerciais (Confere).

Entre os dispositivos mais ameaçadores do projeto Deca, os representantes comerciais mencionam, por exemplo, o fim da indenização de 1/12 sobre todos os ganhos realizados desde o início da relação com determinada empresa. “O nobre senador acha que essa indenização é excessiva e quer reduzi-la para apenas os últimos cinco anos de representação”, explica um dos membros da categoria em rede social à qual o blogueiro teve acesso. O mesmo analista acrescenta:

Achando ainda que temos grandes ganhos e poucas responsabilidades, em seu projeto de lei, no artigo 33, o nobre senador nos responsabiliza pela inadimplência que por um acaso houver na relação entre produtores e comerciantes, querendo nos impor uma conduta culposa sem o menor sentido.

Aguardando resposta do senador

Encaminhei desde a última sexta-feira (25) à Assessoria de Imprensa do senador Deca a seguinte mensagem com pedido de informações e esclarecimentos sobre o PLS 410/2016:

  • Boa noite. Acabei de receber material do Conselho Federal dos Representantes Comerciais (Confere) segundo o qual o senador Deca apresentou projeto de lei que retira direitos e acresce deveres para a categoria, com a qual se relacionou comercialmente durante toda a vida. Seria um caso típico de “legislar em causa própria”. Solicito manifestação de esclarecimento ou contraponto do senador ou de sua assessoria sobre o assunto.
  • Rubens Nóbrega
    Do Blog do Rubão/JP online
    Da CBN João Pessoa

Perdendo feio na consulta pública

O projeto de Deca do Atacadão, como toda proposta semelhante, está sendo avaliado através de consulta pública que o Senado disponibiliza em seu portal. Quando do fechamento desta matéria, às 11h15 da manhã desta terça-feira (29), o placar estava 18 Sim X 1.275 Não.

 

46 Comente Representantes comerciais acusam Deca de ameaçar categoria com projeto tipo ‘vergonha alheia’

  1. Marivan Azevedo Disse:

    Este projeto salve engano já foi apresentado outrora , pelo Sandro Mabel que é político e dono da bolacha Mabel , e a época não passou

  2. Milton Duarte Disse:

    Ao invés dele formatar um projeto nos ajudando, como poderia ser o de comprar carros para o nosso trabalho com os mesmos direitos dos taxistas ou pagar impostos iguais aos médicos e advogados, ele nos cria esta bela, que além de nossas perdas de ganhos neste momento causadas pela crise, temos agora que correr atrás para impedir que uma injustiça deste seja aprovada.

  3. Rubens Figueiredo Disse:

    Alguma hora o nobre senador biônico tinha que mostrar o real motivo que o levou a assumir o cargo. legislar em causa própria. Quer enfraquecer uma categoria que,talvez, tenha sido a mais importante na sua ascensão comercial. É cuspir no prato que ainda come! Estamos de olho ” senador”.

  4. Gilberto Disse:

    NÃO A ESSE PROJRTO DESSE INFELIZ

  5. Victor Esteves Disse:

    Parabéns pela matéria… Realmente todos nós representantes comerciais estamos muito preocupados com essa mudança na lei.

  6. Carlos Eduardo de Oliveira Disse:

    Este senador Deca e o que deixou substituir tem que ser banido da politica e do meio comercial, não tem respeito com os representantes, que viaja km em estrada ruim, por veses não tem dinheiro para comer ou dormir em hotel digno de ums pessoa descansar.

  7. Dionatan Jesus O Rodrigues Disse:

    Olha a renda que isso impacta no país, olha o gasto que todo representante paga , e lucros em impostos e consumo que isso gera para o governo. …

    A gente ja não tem isenção nenhuma em carros, direitos trabalhistas, a única coisa que ainda possuímos e esse acerto ao fim de uma parceria.

    Agora os deputados com altos salário e que não ajuda a população em nda , e nem justifica o mesmo .
    Pois bem coloca em pauta eb votação um acerto para todos esses passar a ganhar salário mínimo, a pagar seus custos , isso sim eu queria ter o prazer de ver.

  8. Carlos Anésio de Caldas Fabrício Disse:

    Admiro o empresário Deca, infelizmente não está sendo feliz com essa propositura. Acredito que ele marcaria melhor sua passagem pelo senado com projetos pelo bem comum e não cerceando direitos de uma categoria que vêm observando quedas expressivas em seus ganhos nos últimos anos.

  9. José Antônio de Araújo Disse:

    Esse senador deveria apresentar projetos que beneficiassem o povo brasileiro.

  10. José Ramon Pipa Ferreira Disse:

    Não há o que acrescentar aos comentarios.
    Apenas dizer, parafraseando Boris Casoy, ISTO É UMA VERGONHA!!!

  11. Ricardo Amorim Disse:

    Amigos e Familiares, normalmente não sou de escrever muito em Redes Sociais, só que o caso se faz necessário, como a maioria sabe sou Representante Comercial e trabalho nesse ramo a mais de 12 anos, sou autônomo e não tenho direito a muitos benefícios, tais como:
    – Férias, 13º Salário, Horas Extras, Deposito de FGTS, Plano de Saúde, Vale alimentação e Vale Transporte.

    Fora que não irei citar o alto percentual que pago de imposto. Pois bem, arrisco minha vida nas péssimas estradas do nosso Brasil, viajo a noite, de madrugada sem receber nada por isso, durmo em locais desconhecidos, tenho um custo elevadíssimo de despesas, pagando tudo do meu bolso, como: Hospedagem, Gasolina, Alimentação e Manutenção do carro.

    Hoje sou amparado pela Lei nº 4.886, de 9 de dezembro de 1965, segue link para quem quiser se aprofundar nos detalhes: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4886a.htm

    Depois dessa rápida introdução, quero que saibam que o 1º Suplente do Senador Cássio Cunha Lima do Partido PSDB – PB, Sr. Deca também do PSDB – PB que assumiu o posto de Senador da Republica em setembro de 2016 quer alterar essa LEI e lançou no Senado o Projeto de Lei – PLS nº 410/2016

    https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=127436

    Na lei atual de nº 4.886 o Representante Comercial tem direto de receber uma indenização de 1/12 avos, vou explicar de forma bem simples como funciona:

    – Representei uma empresa por 10 anos e nesse período recebi de comissão o valor total de R$ 240.000,00 é só dividir esse valor total por 12 (R$ 240.000,00 / 12 = R$ 20.000,00) esse seria o valor a receber como indenização.

    O novo Projeto de Lei do Sr. Deca, quer alterar essa indenização para os últimos 5 anos de serviços prestados pelo representante, essa indenização cairia pela metade (R$ 120.000,00 / 12 = R$ 10.000,00). O exemplo foi recebendo uma comissão mensal de R$ 2.000,00/mês.

    Esse exemplo é a grosso modo, claro que para os representantes mais antigos o prejuízo seria muito maior, imagina o quanto esse Representante Comercial vendeu no passado e todos sabemos que nesses últimos 5 anos o Brasil vem decrescendo (PIB 2011: 4% / PIB 2012: 1,91% / PIB 2013: 3,01% / PIB 2014: 0,5% e PIB 2015: -3,84% e a projeção para 2016 é de -3,30%), ou seja, não preciso nem escrever que todos estarão perdendo, menos o SR. DECA (José Gonzaga Sobrinho). Leiam o texto abaixo:

    “O Grupo Rio do Peixe criado por José Gonzaga Sobrinho, o Sr. “Deca” é hoje um dos maiores distribuidores atacadistas do Brasil e um dos principais do Nordeste. (frase copiada do seu próprio site http://www.gruporiodopeixe.com.br/o-grupo)”.

    Seu grupo possui várias empresas: GONZAGA DISTRIBUIDORA, ATACADÃO CENTRAL, RIO DO PEIXE AUTO SERVIÇO, RIO DO PEIXE BRINQUEDOS E PRESENTES, TELERIO, DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS, RIVER (Concessionária Wolksvagem), LOJÃO RIO DO PEIXE, CONECTRIO, CRISTALINA DOS ALPES (Industria de água mineral).

    Possui mais de 300 representantes trabalhando nas suas empresas….

    Pronto, finalmente cheguei onde queria….
    300 REPRESENTANTES??? Isso mesmo, 300!!!

    O Sr. Deca além de Senador é um MEGA EMPRESÁRIO e está LEGISLANDO EM CAUSA PRÓPRIA E NÃO A FAVOR DA SOCIEDADE!!!! ISSO É UM ABSURDO!!!!!

    Sr. Deca está querendo beneficiar as suas empresas e prejudicar uma das classes mais desfavorecidas do mercado.

    Não posso ficar calado e aceitar isso de forma passiva! Tenho meus direitos! Sou pai de família e pago todos meus impostos!

    Quero pedir aos amigos e familiares que compartilhem esse texto, vamos fazer chegar na Comissão de Assuntos Sociais (CAS do Senado), estou fazendo minha parte e peço a ajuda de todos vocês…. Quem quiser ajudar efetivamente é só entrar no link abaixo e votar NÃO para esse Projeto.

    https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=127436&voto=contra

  12. José Wilson Urtiga Queiroga Disse:

    Esse Deca está legislando em causa própria. Ele está a mando dos fabricantes que querem derrubar a categoria dos Representantes.

  13. Alexandro Disse:

    Boa tarde realmente este senador Deca não tem respeito e muito menos ética de tentar lesar com responsabilidade que cabe a ele propriamente pagar como cliente e varejista, quer dizer vendo a ele e tenho que me responsabilizar se ele não pagar,,,, isso não pode se quer ser levado a votação,,,, ao invés de beneficiar a mão que lhe alimenta e alimentou no seu início de tudo,,,, realmente isso é comer nosso dinheiro no Senado e não agregar nada de benéfico ao país. Sinceramente quanta falta de caráter, respeito etc…. ABSURDO . ( Vá procurar o que fazer Senador ).

  14. Roberto dias de Oliveira Disse:

    O país cansou dessa chacotas de leis…

  15. Claudio Disse:

    Amigos e Familiares, normalmente não sou de escrever muito em Redes Sociais, só que o caso se faz necessário, como a maioria sabe sou Representante Comercial e trabalho nesse ramo a mais de 12 anos, sou autônomo e não tenho direito a muitos benefícios, tais como:
    – Férias, 13º Salário, Horas Extras, Deposito de FGTS, Plano de Saúde, Vale alimentação e Vale Transporte.

    Fora que não irei citar o alto percentual que pago de imposto. Pois bem, arrisco minha vida nas péssimas estradas do nosso Brasil, viajo a noite, de madrugada sem receber nada por isso, durmo em locais desconhecidos, tenho um custo elevadíssimo de despesas, pagando tudo do meu bolso, como: Hospedagem, Gasolina, Alimentação e Manutenção do carro.

    Hoje sou amparado pela Lei nº 4.886, de 9 de dezembro de 1965, segue link para quem quiser se aprofundar nos detalhes: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4886a.htm

    Depois dessa rápida introdução, quero que saibam que o 1º Suplente do Senador Cássio Cunha Lima do Partido PSDB – PB, Sr. Deca também do PSDB – PB que assumiu o posto de Senador da Republica em setembro de 2016 quer alterar essa LEI e lançou no Senado o Projeto de Lei – PLS nº 410/2016

    https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=127436

    Na lei atual de nº 4.886 o Representante Comercial tem direto de receber uma indenização de 1/12 avos, vou explicar de forma bem simples como funciona:

    – Representei uma empresa por 10 anos e nesse período recebi de comissão o valor total de R$ 240.000,00 é só dividir esse valor total por 12 (R$ 240.000,00 / 12 = R$ 20.000,00) esse seria o valor a receber como indenização.

    O novo Projeto de Lei do Sr. Deca, quer alterar essa indenização para os últimos 5 anos de serviços prestados pelo representante, essa indenização cairia pela metade (R$ 120.000,00 / 12 = R$ 10.000,00). O exemplo foi recebendo uma comissão mensal de R$ 2.000,00/mês.

    Esse exemplo é a grosso modo, claro que para os representantes mais antigos o prejuízo seria muito maior, imagina o quanto esse Representante Comercial vendeu no passado e todos sabemos que nesses últimos 5 anos o Brasil vem decrescendo (PIB 2011: 4% / PIB 2012: 1,91% / PIB 2013: 3,01% / PIB 2014: 0,5% e PIB 2015: -3,84% e a projeção para 2016 é de -3,30%), ou seja, não preciso nem escrever que todos estarão perdendo, menos o SR. DECA (José Gonzaga Sobrinho). Leiam o texto abaixo:

    “O Grupo Rio do Peixe criado por José Gonzaga Sobrinho, o Sr. “Deca” é hoje um dos maiores distribuidores atacadistas do Brasil e um dos principais do Nordeste. (frase copiada do seu próprio site http://www.gruporiodopeixe.com.br/o-grupo)”.

    Seu grupo possui várias empresas: GONZAGA DISTRIBUIDORA, ATACADÃO CENTRAL, RIO DO PEIXE AUTO SERVIÇO, RIO DO PEIXE BRINQUEDOS E PRESENTES, TELERIO, DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS, RIVER (Concessionária Wolksvagem), LOJÃO RIO DO PEIXE, CONECTRIO, CRISTALINA DOS ALPES (Industria de água mineral).

    Possui mais de 300 representantes trabalhando nas suas empresas….

    Pronto, finalmente cheguei onde queria….
    300 REPRESENTANTES??? Isso mesmo, 300!!!

    O Sr. Deca além de Senador é um MEGA EMPRESÁRIO e está LEGISLANDO EM CAUSA PRÓPRIA E NÃO A FAVOR DA SOCIEDADE!!!! ISSO É UM ABSURDO!!!!!

    Sr. Deca está querendo beneficiar as suas empresas e prejudicar uma das classes mais desfavorecidas do mercado.

    Não posso ficar calado e aceitar isso de forma passiva! Tenho meus direitos! Sou pai de família e pago todos meus impostos!

    Quero pedir aos amigos e familiares que compartilhem esse texto, vamos fazer chegar na Comissão de Assuntos Sociais (CAS do Senado), estou fazendo minha parte e peço a ajuda de todos vocês…. Quem quiser ajudar efetivamente é só entrar no link abaixo e votar NÃO para esse Projeto.

    https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=127436&voto=contra

  16. Luis Carlos de Almeida Disse:

    Trata-se de mais político oportunista, legislando em causa própria. Infelizmente no Brasil os políticos só se mexem em causa própria. Senador Deca vai cuidar de assuntos que sejam relevantes para a nação. Tipo as 10medidas contra a corrupção, se é que você está aí pra servir o Senado e não para se servir dele. Seu projeto é uma vergonha.

  17. Wilson Pretto Disse:

    Esse suplente deveria fazer uma lei, proibindo que quem não é eleito pelo voto, não poderia fazer leis, e muito menos legislar em causa própria.
    E mais,
    Todo suplente que exerce por 6 meses como titular, se aposenta como senador.
    Que tal fazer uma lei eliminando esses previlégios, ou seja, essa vergonha.

  18. Paulo Oliveira Disse:

    Carro senador Deca.
    Uma caracteristica da profissão de representante comercial é que mesmo sendo pessoal juridica ela exercida na sua integralidade por pessoa fisica. Diferente do seu negocio que o Sr. Ao vender uma mercadoria deixa como resultado o lucro. A diferença dialética é que o representante comercial nāo gera lucro porque ele não Gera Mais valia sobre o seu trabalho,mas os seus funcionários inclusive os representantes geram Mais valia enquanto o Sr. Está no senado, isto é o excedente do trabalho deles fica com Sr. Nāo é só o resultado da continha de lucro final. Logo o representante comercial se parar por motivo de doença nāo ganha mas se o Sr.parar pelotas mesmo motivo o Sr.ganha porque tem pessoas trabalhando pelo Sr. É justo que esse profissional os RC ganhem o 1/12 avos sobre os seus ganhos , isto é 01 mês a cada 12, será se isto nâo é justo? Coloque-se no lugar deste profissional seja justo que se fosse o Sr. Como se sentiria?
    Enfim senador se o representante nâo tem gestāo sobre o crédito concedido ao cliente por que ele seria responsavel caso o cliente nāo pague.
    Aproveite essa sua passagem pelo senado para deixar uma marca positiva, sei que o SR. É um Homem de Bem e esperamos que o Sr. Haja como tal.

  19. JEORGE ALMEIDA Disse:

    Infelizmente esse é o nosso país. Sempre tiram do pequeno para da conforto privilégio aos grandes empresários.
    Estou indignado, pagamos, Core que não resolve nada, pagamos sindicato, pagamos contabilidade, pagamos 16,90 de impostos mais 1,5 de impostos de renda retido na fonte, que já estão querendo aumentar, pagamos o TFF que é um absurdo e o pior que não temos garantia de nada.

  20. Adiel Ferrer Freire Disse:

    O pior é que já pagamos muito imposto e o nosso custo de trabalho vem aumentando de forma assustadora, sem falar que a comissão a cada dia vem diminuindo o percentual, é um “senador” deste vem legislar em causa própria.

  21. daniely monteiro Disse:

    Vou na contra mão… se um representante trabalha com 10 fábricas é diferente de que trabalha com uma.
    Temos pequenas fábricas familiares que tem representantes, fica por demais pesado…
    Tem de modernizar…
    Tem de debater o assunto.

  22. Antonio Garcia Disse:

    O senhor Deca deveria criar vergonha, depois de ficar milionario com a ajuda de muitos representantes comerciais agora que nos dar o golpe de misericordia. Vamos ficar de olho nesse cidadão, certamente o mesmo vai querer se candidatar a algum cargo eletivo. Não preciso dizer mais nada, responderei o restante nas urnas, se for o caso!

  23. José Eduardo Disse:

    Isso é uma vergonha, porque cele não vota uma lei pra diminuir os salários deles que não são poucos , isso é coisa de quem não tem o que fazer. Marque bem o nome deste cidadão.

  24. Manoel Antero da silva Disse:

    Que pena termos pessoas que assumam postos tão importantes e nos venham com estes projetos de leis capengas como este cidadão que está visivelmente legislando em causa própria.Senador,inventa que está doente e cede o lugar para outro pois nota se que saiba o que é legislar para melhorar a vida da população.Não tenho conhecimento de nenhum projeto de lei da sua autoria sobre a saude e a segurança neste país,ou o senhor não sabe o que é isto.Que vergonha de te lo como meu conterráneo.

    • Fabio Leonardo rocha de lima Disse:

      Por que ele não faz um projeto de lei pra acabar com RJ (RECUPERAÇÃO JUDICIAL ) Já que estar tão preocupado com a INADINPLÊNCIA que ele tanto se preocupa é que empresas como as dele usam para dar dar calotes oficiais amparados pela lei.
      Obs.nao que esteja dizendo que ele usou esse artifício ou nada parecido , mas pode usar na hora que quiser para prejudicar fornecedores e representantes que são muito mais vulneráveis do grandes atacados.

  25. JOSÉ RIBAMAR DANTAS Disse:

    Caro Sen. Deca

    Sentimos GRANDE PESAR pelo seu MALFADADO projeto de lei nº 410/2016, que RESTRINGE os poucos direitos, ADQUIRIDOS há mais de 50 anos, pela Lei 4.886 ,que regulamenta as atividades do Representante Comercial, categoria HETEROGÊNEA, formada em sua maioria por simples profissionais autônomos, ou micro empresários; e, assim, RETROAGINDO dentre outras, à bestial e extinta condição DELCREDERE. Pois, todo trabalho de vendas, além de executado às expensas do REPRESENTANTE, sempre está sujeito a aprovação do REPRESENTADO, à quem cabe a responsabilidade de reunir estrutura, para avaliar o crédito pleiteado, junto a especializados, como: SERASA, etc…
    Por conseguinte, pedimos V. Excia, barrar todos esses absurdos
    .
    Att. J.R.DANTAS (CORE-PI.nº 042 de 22.04.1966)

  26. Izaias Lins Disse:

    O senador em vez de criar um projeto que beneficie a categoria, quer é fragilizar ainda mais.

  27. Jg Disse:

    É uma vergonha, porém é pratica recorrente no Brasil, que políticos sem ética é muito menos vergonha na cara legislem em causa própria.
    Este nobre que me recuso a citar o nome, não reconhece nem que foram os representantes comerciais que trabalham para suas empresas que construíram a fortuna dele.
    Porém é muita pretensão de minha parte querer que este tipo de gente tenha algum reconhecimento por alguém que não seja o dinheiro.
    Senador não esqueça que Deus existe.

  28. Dier Disse:

    E pq ele não lembra quando foi balconistas no Armazém de Arcanjo e vendia Cibalena e cibazol na garupa da bicleta,s lembra quando já empresário…

  29. Jose Rubson Barreto. Disse:

    Este Deca é mais um colocado em Brasília pelo povo, as vezes sem saber ou pelo voto de cabresto que a prática tradicional do Nordeste.
    Está porcaria de projeto já foi apresentado sim. pelo Sr. Sandro Mabel
    Que era dono dos Biscoitos Mabel, que graças a Deus e uma intervenção do Confere não passou.
    Parei até de comprar a porcaria dos biscoitos dele.

  30. Rafael Coelho Disse:

    Queria saber qd teremos políticos que trabalhem para o povo é não em causa própria.
    Absurdo o que esse politiquinho está querendo fazer com a nossa classe.
    Por que não vai nos ajudar a comprar nossas ferramentas de trabalho,com melhores condições,certo que ganharia nosso respeito e não nossa inimizade.

  31. Delineador Rodrigues Disse:

    Infelizmente nossos políticos legislam em causa própria ou para lobistas!

  32. Delin Rodrigues Disse:

    Raça de Sanguessugas!

  33. Victor Esteves Disse:

    Um absurdo… Um Senador legislando totalmente em causa própria. Somos uma classe que não temos benefícios nenhum e pagamos taxas muito altas de impostos. E pelo visto ainda querem que a situação fique pior.

  34. Gedson Cardoso Disse:

    É para isso que serve cargo no senado?
    Legislar em causa própria, prejudicando uma categoria que é uma das molas propulsora do país.

    Tenha vergonha disso Senador!

  35. Alberto Disse:

    Essa proposta do senador Deca é absurda!!!
    Cara de pau! Legislando em causa própria. Querendo prejudicar a mola propulsora do País.
    Você devia ter vergonha, Senador.
    Se fosse os representantes dele, iria procurar outras empresas pra vender. Deixaria ele na mão.

  36. Maria Gorete Gomes Pereira Disse:

    Vote contra!! Esse Projeto absurdo que em vez de dá direito aos trabalhadores, muito pelo contrário tira os poucos direitos adquiridos aos Representantes Comerciais, o Suplente Senador José Gonzaga Sobrinho(DECA), eleito em 2010, ficando na suplência, toma posse em 09 de setembro de 2016 com o afastamento por licença médica do Senador Cássio Cunha Lima, estado da Paraíba/PB, lança Projeto de Lei do Senado N° 410 de 2016(PLS 410/2016), o mesmo só está advogando em causa própria uma vez que o mesmo é sócio do maior Distribuidor do Nordeste, Grupo Rio de Peixe. É uma vergonha, é esse o nosso País, pagarmos cargas tributária altíssima, enquanto os políticos corruptos tem salários altíssimo, regalias e mordomias sem medidas!!! É tipo de Políticos que temos a favor deles mesmo, enquanto deviam Legislando a favor da população, para ter direito de igualdade, devia sim criar uma Lei para os Políticos serem voluntários, Legislação voluntariamente sem salário, e se tivesse salário que fossem apenas um salário mínimo e que nenhum político fossem beneficiado com aposentadoria vitalícia.!!!!

  37. Osvaldo Disse:

    Parece pouco os corruptos que têm no congresso e senado, e para aumentar um se diz doente e sai pra outro entrar por um pequeno espaço de tempo para ter o direito de se aposentar (é pobre o coitado sem vergonha desse tal deca) e aproveitar a oportunidade para tirar mais um pouco de proveito próprio criando projetos para beneficiar suas próprias empresas atropelando direitos das familias que é a classe dos representantes comerciais.
    Não somos nós quem mais movimenta os mercados hoteleiros, restaurantes e até mesmo postos de combustíveis etc? Não somos nós que faz chegar de Norte a Sul e Leste a Oeste tudo que se produz e comercializa neste país?

  38. Marc Disse:

    Incrível a desfaçatez e cara-de-pau dos nossos políticos. Tanta coisa pra modernizar como por exemplo, a vitaliciedade dos planos de saúde de suas Excelências, as aposentadorias especiais, a prerrogativa de foro (Foro Privilegiado) e esses acham de querer modernizar os poucos direitos constitucionais que ainda temos. Essa corja deveria ser banida da vida pública. Resta saber se os nossos conselhos, regionais e nacional permitirão isso.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *