Arquidiocese suspende padre e monsenhores ligados a Dom Aldo

Monsenhor Jaelson, um dos religiosos afastados pela Arquidiocese (Foto: YouTube)

Monsenhor Jaelson, um dos religiosos afastados (Foto: YouTube)

A Arquidiocese da Paraíba suspendeu de Ordem, nesta quinta-feira (29), três padres de João Pessoa que teriam participado do círculo mais íntimo do poder da Igreja Católica no Estado durante a gestão de Dom Aldo Pagotto. São eles: Monsenhor Jaelson de Andrade, Monsenhor Ednaldo Araújo e Padre Severino Lima.

Com a decisão, assinada por Dom Genival Saraiva, administrador apostólico, os religiosos ficam impedidos de celebrar missas, realizar batizados e de fazer qualquer outra atividade inerente ao cargo de padre ou monsenhor.

A suspensão é por tempo indeterminado. Não foram revelados os motivos da decisão de Dom Genival. Sabe-se, contudo, que a conduta dos religiosos é investigada pela Arquidiocese da Paraíba por supostas práticas incompatíveis com o exercício do sacerdócio atribuídas a Jaelson, Ednaldo e Severino. Um deles seria investigado também pelo Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB).

Nos bastidores da Igreja Católica, a notícia circula desde o início da tarde de hoje. No começo da noite, a informação foi confirmada ao blog pela Assessoria de Imprensa da Arquidiocese da Paraíba.

Em setembro do ano passado, o Jornal da Paraíba publicou reportagem na qual um grupo de padres denunciava relações sexuais dentro do Mosteiro de São Bento, em Itatuba, fundado por Monsenhor Jaelson, pároco da Igreja Santo Antônio do Menino Deus, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Na ocasião, ele negou todas as denúncias e se disse vítima de ‘armação’.

A suspensão da ordem dos três religiosos acontece quase três meses após a renúncia de Dom Aldo Pagotto, arcebispo católico da Paraíba nos últimos 12 anos que renunciou ao cargo após sofrer acusações de envolvimentos homo-afetivos e exploração sexual de menores. Em carta divulgada aos fiéis, todavia, ele afirmou que se afastava do comando da Igreja por motivos de saúde.

(Valéria Sinésio)

93 Comente Arquidiocese suspende padre e monsenhores ligados a Dom Aldo

  1. Anonimo Disse:

    Fuleiragem completa! estamos fu…! Temos que f… tb os outros? a universal e tantas outras denominações com tantas safadeza! Agora a igreja católica! o santo padre prega tanto a misericórdia e o perdão no entanto condenando antes de ser jugado! Vai entender! Será que não são farinha do mesmo saco? Não sou a favor a coisas erradas, mas quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra! “Lideres meros humanos e imperfeitos”

    • Isso é armação do padre deputado federal, o tal de Couto.

    • Ana Maria Tenório Disse:

      Concordo com vc anônimo. Suspendem sem prova. Aconteceu com o Padre Jaildo. Está suspenso dezde fevereiro de 2014. Dom Aldo suspendeu o padre sem nenhuma prova. Até hoje, desprezado, humilhado e os próprios sacerdotes e a igreja não fez e não faz nada por ele. Acho um absurdo. As portas que pregam tanto da misericórdia, nunca foi aberta aqui, e sim uma porta de injustiça, de perseguição ao padres, pela própria igreja.???

    • Antonio Laureano Disse:

      Assim como não se pode julgar sem ter certeza da condenação, tbm não se pode defender antes do julgamento. É assunto sério, temos que deixar a beatice de lado e raciocinar, não podemos, só pq somos católicos, aceitar tudo que pseudos padres nos fazem crer. Existem leis tbm na igreja e elas devem ser aplicadas em casos semelhantes, e a igreja não condena por condenar, tanto que, primeiro afasta, baseado em investigações, depois toma sua resolução baseada nas provas e julgamentos. O momento é delicado mas deve-se aguardar e orar muito por todos eles

  2. Eduardo mathieson Disse:

    Acho um absurdo o afastamento do Mons Jaelson, o qual atesto juntamente com minha família sua correção e dignidade como padre, ser humano é pastor.
    Indignamente foi tratado como culpado de acusações que sequer tomou conhecimento. Deus o guarde.

  3. Arlindo Júnior Disse:

    Ficamos perplexos diante dessa notícia do afastamento do Monsenhor Jaelson. Creio que como Cristão Católico, posso afirmar; essa decisão arbitrária de suspender a ordem de um homem que convivemos há 6 anos e indiscutivelmente todos nós que fazemos parte da Paroquia acima citada não acredita em nenhuma dessas inverdades. Eu e minha família frequentamos, somos coordenadores de um Grupo de Oração para casais há três anos, temos contato com o Mons. e em momento algum vimos desrespeito ou algo que desabonasse a sua conduta. Quero deixar aqui nosso repúdio e dizer que assim como pregamos orientados pela Palavra de Deus, tenhamos a ombridade de sermos misericordiosos para com esse sacerdote. Não conheço em parte alguma do mundo, onde você é acusado e não tem o direito de se defender.

    • Neuza Disse:

      Peço permissão a você Arlindo Junior para fazer minhas também suas palavras.
      Concordo plenamente com tudo que disse e quero expressar aqui também o meu repúdio.
      Ao mesmo tempo externar meu carinho e apreço ao nosso querido Monsenhor Jaelso. Fé e Força.

  4. Fabiano Carneiro Vieira Disse:

    Como membro da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, repudio veementemente esse ato da Arquidiocese da Paraíba. Eu e minha família frequentamos a Paróquia há 4 anos e somos testemunhas do expressivo crescimento espiritual dos paroquianos sob a direção de Monsenhor Jaelson.
    Sua conduta ilibada é um exemplo a ser seguido.
    Espero fortemente que essa decisão seja revista em respeito a todos os paroquianos que frequentam aquela Igreja.
    Fabiano Vieira – Eng. Mecânico

  5. ROBERTO Disse:

    Tenho certeza de que RUBÃO é gay. Aliás, nos bastidores da Imprensa, a notícia circula desde o início da tarde de hoje. No começo da noite, a informação foi confirmada ao blog pelas pessoa que faziam orgias com o mesmo…
    Em setembro do ano passado, o Jornal da Paraíba publicou reportagem na qual um grupo de meninos denunciava relações sexuais dentro do Jornal da Paraiba…
    Na ocasião, ele negou todas as denúncias e se disse vítima de ‘armação’.
    É CLARO QUE EU ACREDITEI, POIS TUDO O QUE SE FOFOCA NA MÍDIA É VERDADE…

    • Luzian Disse:

      Deus nos dê discernimento. Não devemos julgar, nem tomar partido. Muitas vezes as pessoas acusam ou defendem por que não gostam ou por que são amigos. Não nos cabe julgar

    • Jaílson Disse:

      Como católicos precisamos rezar mais, pela igreja e pelos nossos padres, devemos esperar tudo ser apurado, se forem inocentes a igreja reconhecerá e se forem confirmados culpados devem assumir as suas condutas. Mais o que precisamos é rezar por nossa igreja. Essa é nossa missão. Não devemos alimentar ódio.

  6. Odir Disse:

    Olá, Rubão, vejo que você gosta de falar algumas palavras que não se encaixam na realidade e gostaria de saber, qual a dificuldade de colocar: “A Arquidiocese da Paraíba suspendeu de Ordem, nesta quinta-feira (29), três padres de João Pessoa que foram acusados, sem qualquer prova, de participar de atitudes homossexuais com outros padres da Igreja Católica no Estado durante a gestão de Dom Aldo Pagotto. ”
    Percebo em suas palavras uma vontade imensa de querer pré condenar os três padres, que estão em INVESTIGAÇÃO. Provavelmente a falta de sensacionalismos em suas palavras, não lhe trariam qualquer audiência, não? Se é preciso jogar sujo, para ter credibilidade em UMA ÚNICA notícia, deve ter uma motivação muito grande por trás. Por acaso estarias a receber dinheiro de alguém ou somente prostituis a tua profissão para ter acessos em sua página?
    Sinceramente, eu só espero que no dia do seu julgamento particular com Deus, tenhas a mesma cara de pau de se explicar para Deus, que utilizas para colocar confusão na cabeça dos fiéis.
    A inocência dos 3 será provada e eu DUVIDO que utilizarás do mesmo artifício que usas para espalhar tendenciosamente mentiras, para ter postura de homem e se desculpar pela sujeira em que te metestes.

  7. Lara Disse:

    REPUDIO
    Sou da paróquia do Monsenhor Jaelson. Conheço-o junto com minha família há seis anos. Não posso afirmar pelos outros padres que não conheço, mas também desconfio que seja igualmente calúnias graves e perniciosas contra homens inocentes.
    A postura desse pároco, Jaelson, foi sempre a mais séria e coerente possível. Nunca vi (e sou bastante chata com detalhes) motivo para desconfiar dele. Cada atitude dele sempre visava o bem do seu rebanho e o ensino correto da doutrina católica. Eu e minha família servimos na paróquia e, se houvesse qualquer coisa estranha teríamos observado e só houve mais motivos para admirá-lo enquanto sacerdote. Rezemos pelo clero e também pelos leigos que cometem apedrejamento virtual!
    Lara Maria Ribeiro Feitosa de Morais, Estudante de Enfermagem

  8. CHRISTIANNE SERRANO - contadora e advogada. Disse:

    Eu como católica estou profundamente decepcionada com a Igreja enquanto instituição.
    Monsenhor Jaelson é um homem íntegro que vive para a Igreja, foi condenado sem ao menos ter a chance de se defender. Ora… Sem ao menos ter a oportunidade de ser comunicado dos motivos da sua condenação.
    Conheço e acompanho o monsenhor há pouco mais de 10 anos. Sempre se mostrou um padre dedicado à sua missão. Um pastor de muita sabedoria e amor ao seu ministério.

  9. Minervino Disse:

    REPUDIO
    Agradeço a monsenhor Jaelson pela orientação espiritual e pelo exemplo dele como sacerdote. Ele me ajudou a amar mais a Cristo, na minha conversão e hoje eu sou Coordenador do Terço dos Homens da paróquia onde ele era pároco. E para mim, continuará sendo.
    Minervino Feitosa de Morais, Engenheiro Civil

  10. Sebastião Feitosa Disse:

    Conheço e acompanho o Monsenhor Jaelson há quase vinte anos. Trata-se de um padre comprometido com seu sacerdócio e com a igreja. Pregador da palavra como ninguém, uma homilia que lota as igrejas por onde ele passa. Trabalhador e grande empreendedor, basta vê a igreja que ele está construindo no jardim cidade universitária, a maior de João Pessoa, onde era pároco até ontem, de onde foi afastado sem nenhuma explicação e sem direito a se defender, num verdadeiro ato inquisitorial. Esta é a igreja misericordiosa, em pleno ano da misericórdia.
    Dou aqui o meu testemunho com o conhecimento que tenho de sua vida civil e regiosa, como sendo um homem e um padre correto, exemplar e honesto, no qual a maioria dos padres deveriam se espelhar para que assim tivérsemos uma igreja melhor.
    Monsenhor Jaelson é vítima desse grupo de padres (que a sociedade sabe quem são), e por ser um padre tradicional, conservador, honesto, trabalhador fiel pregador da pavra de Deus e comprometido com a igreja, está passando por esse calvário.
    Reafirmo que o conheço há quase vinte anos e não há nada que desabone sua moral.
    Força Monsenhor, a verdade prevalecerá.
    Sebastião Feitosa – Advogado

  11. Alana Cláudia Disse:

    Repudio toda blasfêmia contra Monsenhor Jaelson. Conheço sua índole e sua caminhada é de luz.

  12. Maristela Disse:

    REPUDIO
    Como paroquiana na Santo Antônio do Menino Deus, onde Monsenhor Jaelson era pároco, testemunho que a conduta dele sempre foi irrepreensível e ele é um bom pastor. Sirvo na paróquia e nunca tive nenhuma razão que diminuísse o respeito que sinto por ele. Ele é um homem de Deus, como foi Padre Léo e São Padre Pio.
    Maristela Ribeiro Feitosa de Morais, Arquiteta

  13. Pedro Henrique Silva Gabi Disse:

    Minha esposa e eu fazemos parte da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, onde mais do que acolhidos nós nos conhecemos, trabalhamos juntos preparando fiéis para o sacramento da Crisma sob a orientação do Monsenhor Jaelson até que em 2015 no dia da Festa de Santo Antônio do Menino Deus nos casamos. Em todos esses momentos Monsenhor foi uma grande luz para os nossos caminhos, sempre nos orientando e formando nos caminhos do Senhor. Repudio completamente o conteúdo deste artigo e reafirmo aqui a minha confiança que em Deus tudo será esclarecido e a verdade aparecerá! #ForçaMonsenhor #OremosPeloMonsenhor #Jo8_32

  14. Fabiano Vieira Disse:

    Que blog é esse que não divulga os comentários postados?

  15. Maria do Socorrido Pordeus Disse:

    Bom dia. Estamos todos muito tristes diante dos acontecimentos na nossa paróquia. O que vi e posso afirmar zelo dedicação respeito pelas coisas de Deus por Monsenhor Jackson. Muito trabalho, e preocupação em querer ajudar a comunidade. Onde com seu equilíbrio, fez crescer espiritualmente muitos dos nossos irmãos. Inclusive a mim. Que Deus o proteja.

  16. Christianne Serrano Disse:

    Sinto no meu peito uma dor de morte por um amigo ferido na alma, traído, humilhado e massacrado. E o mais grave: sem ter oportunidade de se defender! Ora, até o pior dos assassinos tem direito ao contraditório! Até o Cristo soube oficialmente do que lhe acusavam! Ele não…
    Mons. Jaelson foi afastado das suas funções; pois é… Finalmente!!!

    O QUE PASSO A RELATAR AQUI É UM TESTEMUNHO DE QUEM VIU E OUVIU E NÃO DE QUEM OUVIU FALAR:

    Esse servo que foi silenciado celebrava todos os dias a Santa Missa, esteja onde estivesse;
    Gastava a sua vida pela missão que abraçou de levar a Palavra de Deus sem enrolação, mas com a dignidade que lhe é devida.
    Foi perseguido… Sempre foi! Sabe por quê? Porque Defende uma liturgia sóbria, sem oba oba onde o Cristo é o centro; por querer construir uma “catedral” como dizem seus algozes; por usar Casula e Clergyman!!! Por investir em uma comunidade que jamais foi deixada em paz; por levantar um mosteiro que hoje está em silêncio, não o silêncio da escuta de Deus ou da meditação, mas o silêncio da tristeza.
    Eu vi esse homem celebrar doente sem a
    Menor condição física, porém com a fé de quem sabe da importância de servir a Cristo e àqueles que buscam seu consolo na Eucaristia. Jamais, Nunca seus paroquianos ficaram sem a Santa Missa!!!
    Eu vi um padre que separava a manhã de sábado para o Recolhimento e preparação para as Celebrações do final de semana;
    Eu encontrei consolo, paz e um novo caminho nas suas palavras, quando a dor também atingiu a minha vida e eu estava perdida ou tomada pela cegueira do ódio, ele em três palavras me trouxe à Luz que é Cristo;
    Eu jamais o ouvi falar mal de alguém ou da Igreja; eu jamais o vi com gestos ou palavras incoerentes com a sua missão.

    Enfim, eu poderia passar horas aqui descrevendo o que vi e ouvi e que me fizeram admira-lo e amá-lo, mas de que adianta se o que interessou foi apenas o que o denegriu?

    Esse é o Jaelson que conheço, que escuto e que continuarei amando como a um pai.

    Essa é a verdade que resolvi escrever para que aqueles que me conhecem saibam o outro lado desse história.

    Que venham melhores dias e que o Espírito Santo nos conduza.

  17. Aedja Disse:

    Lamentavelmente a nossa Igreja tem que submeter-se a escândalos como esse. Mas se é para utilizar-se de práticas inadequadas com os compromissos prometidos, sabendo-se da existência do celibato, assim como outras práticas ilícitas, torço para que chegue a verdade. Rezo que não haja injustiça com ninguém, mas que cada um responda pelos seus atos podendo assim restaurar a nossa Igreja. É uma pena chegarmos a esse ponto. Mas é bom lembrar que onde se reza e se usa o nome de Deus a mentira virá à tona e a verdade prevalecerá.

  18. Doriane Maria Alves Disse:

    Meu nome é Doriane Maria, sou psicóloga, e repudio essa acusação contra o Monsenhor Jaelson. Eu e minha família (esposo e filhos), conhecemos o Monsenhor há mais de 6 anos, servimos na Paróquia Santo Antônio do Menino Deus nas pastorais da Crisma, Acolhida e Dízimo, e nunca vimos nenhum comportamento não condizente com o exercício do seu sacerdócio. Sempre foi muito zeloso com o Sagrado e respeitoso com os paroquianos. Também faço parte do Conselho, e sou testemunha de sua honestidade e seriedade no trato com a Igreja como um todo. É lastimável essa calúnia!!!

  19. Onailza Aquino Disse:

    Somente quem se esvazia de si mesmo, numa entrega total a Deus, é capaz de realizar tantos feitos como celebrar a Eucaristia, pregar o Evangelho, acolher os pecadores, orientar e acompanhar como somente um pai sabe fazer. Acompanho o Monsenhor Jaelson desde a Igreja de Nossa Senhora Aparecida, e sei de toda a transformação na minha vida e da minha família, através das suas homilias e ensinamentos. Conheço de perto e sei da sua postura e conduta ilibada, homem íntegro. Ele realmente é um servo do Senhor! Repudio toda esta calúnia !

  20. Selma Serrano - Funcionária Publica Federal Disse:

    REPUDIO
    Indignada, é assim q me sinto como uma paroquiana, q ama a sua igreja, e todo ensinamentoe aprendizado que aprendi ao longo desses anos, tendo anfrente de nossa paróquia um padre q sempre zelou, formou, conduziu, ensinou, cuidou, da palavra de Deus, com seriedade e dignidade de um servo de Deus.
    Estamos e estaremos sempre juntos com
    O nosso amado Pároco Monsenhor Jaelson.
    “Conhecereis a verdade é a verdade vos libertará”.

  21. Sidney Feitosa Disse:

    Conheço monsenhor Jaelson a anos. Uma grande injustiça o que estao fazendo
    Com monsenhor jaelson. Como pode a igreja que tanto prega a misericordia agir de uma forma tão brutal, sem lhe conceder o direito de defesa, sem ao menos lhe conceder o direito de saber o que lhe esta sendo imputado.
    Entao é assim que a igreja realmente acolhe aos seus fiéis? Sem ao menos lhe dar a oportunidade de lhe ouvir?
    Toda essa armação contra ele e outros sacerdotes oriunda de inveja, recheada de calúnias, vinda de um grupo de padres que lutam pelo poder e que nao pregam verdadeiramente a palavra de Deus.

    Sidney Feitosa – Advogado

  22. João Ricardo Bione Disse:

    Lamentável e decepcionante essa injustiça que a Igreja Católica cometeu com Mons. Jaélson. Conheço de perto a atuação desse santo Padre e sei de sua conduta correta para com seu rebanho. Me sinto órfão por perder, mesmo que temporariamente, sua liderança. Peço que a administração da Igreja reveja seus atos e devolva o Monsenhor ao seu pastoreio. Revoltado e triste com essa atitude.

    João Ricardo Bione Aires Henriques
    Funcionário Público

  23. Maria Dalva leite Lustosa de lima Disse:

    Sou Maria Dalva Leite Lustosa de Lima, Delegada de Polícia Civil aposentada.
    Conheço o Monsenhor Jaelson de perto há quase uma década.
    Fui moradora do Jardim Cidade Universitária nos bancários , onde tive a felicidade de conhecer o Monsenhor Jaelson a quem tenho como Pai
    Encantada com o seu zelo pela Igreja de Cristo, passei a acompanha -lo de perto e ajudar o mesmo no seu ministério.
    Sua postura como sacerdote foi sempre de pastor zeloso pelos mandamentos da igreja, cumprindo com todo zelo os mandamentos do Catecismo da igreja católica e acopanhando com amor e dedicação todo o seu rebanho, o que o tornou um pastor muito querido em toda comunidade
    Ontem assisti entristecida toda uma comunidade inconformada com a sua suspensão e lamentando o fato de não haver sido escutada
    Monsenhor Jaelson morava dentro da paróquia, toda a comunidade acompanhava os seus passos
    Homem de postura íntegra, caráter firme e que não titubeava para nós falar a verdade, especialmente nas coisas da fé. Mesmo que para isso tivesse que sofrer dissabores.
    Passei a morar na comunidade do bessa em João Pessoa, porém continuei congregando na igreja em que ele era pároco nos bancários face haver aprendido muito com ele com relação aos assuntos da fé católica e cristã
    Vi nessa igreja crescer o grupo de casais, em qualidade de vida espiritual
    Vi um grupo de crisma, hoje composto por centenas de jovens que realmente vivem a vuda espiritual, diga-se o mesmo para os demais grupos da igreja
    A comunidade da paróquia Santo Antônio do Menino Deus, realmente conta hoje com fiéis que vivem a fé católica e multiplicam seus carismas junto às pessoas com quem convivem
    Monsenhor estava na construção de uma igreja que, Acreditamos ser a maior de João Pessoa onde vimos crescer o número de fiéis que realmente assistem a Santa Missa e participam de grupos de oração
    Lamentamos que a arquidiocese da Paraíba não tenha se dado ao trabalho de procurar saber quem era a pessoa do pastor a quem estava aplicando uma pena, sem sequer ter nada provado em processo.
    Assistimos ontem toda a comunidade da paróquia reunida e a lamentar não haver nossa igreja procurado escutar os seus integrantes até porque se tratavam de pessoas que conviveram no dia a dia com o Monsenhor. Face a sua residência dentro da própria Igreja, convivendo com os seus fiéis diuturnamente.

  24. Luciana Libório Disse:

    De Parabéns a comunidade de Santo Antônio do Menino Deus que se manifesta em relação ao afastamento do Monsenhor Jaelson,pelo conhecimento pessoal que tem com o Monsenhor. Parabenizo ,porque o mesmo não aconteceu com a comunidade católica da Paróquia Santo Antônio de Lisboa ,em Tambaú,que assistiu calada e temerosa a vaidosa e desnecessária ” mudança” ali feita pelo atual gestor paroquial.
    O Padre Egídio, sem necessidade,jogou dinheiro fora trocando imagens,pisos ,lustres e outros elementos perfeitos ,simples e de bom gosto,adquiridos com a participação direta da comunidade ,por outros mais caros e dissonantes com a atual orientação do nosso Papa,onde a Simplicidade ,a misericórdia e Humildade são a tônica. Além do que,emparedou, cobriu ,uma obra de arte na parede frontal do altar,que simbolizava a Santíssima Trindade. Eu louvaria se houvesse a mínima necessidade!! Mas,nao houve!
    Tudo apenas para deixar suas próprias.marcas nas paroquias onde passa. Pura vaidade!! Ele não me representa como Igreja!
    Por isto,renovo meus parabéns à essa comunidade que se manifesta em favor do que acredita.
    Lamento que nossa Igreja Católica esteja passando novamente por momentos tão difíceis. Pedimos a Deus que nos oriente ,nos ilumine e aumente nossa Fé!Paz!Muita PAZ!

  25. JOSÉ BERNARDO CAMPELO Disse:

    Fico muito triste ao ler noticias como essa!!!
    Vejo que a igreja católica, precisa LIBERAR OS PADRES PARA CASAR.
    VEJO QUE O NOSSO QUERIDO PAPA NÃO TEM CULPA POR ESSES ABSURDOS, pelo simples fato de estar corrigindo muitos erros na igreja. Temos que entender que um padre tem o DEVER de zelar por uma conduta DIGNA e respeitosa, fora e dentro da igreja.

    • ernando lino da silva Disse:

      Meu amigo atos dessa natureza não tem nada haver com o Celibato
      vai fazer uma pesquisa seria e veras que o grande numero de pedofilia e atos imorais procedem de pessoas casados.

      Pelo grande testemunho da Comunidade que aqui se expressou acredito na boa índole do Sacerdote. Até que provem o contrario ele é inocente!

  26. Rodrigo Sena Disse:

    REPUDIO
    Mons Jaelson foi nosso pároco por mais de 6 anos, sempre demonstrou um zelo muito grande pelas coisas de Deus, sobretudo pela Eucaristia, por isso enchia nossa paróquia, pois o que trazia as pessoas era seu próprio testemunho de amor a Deus. É triste uma injustiça tão grande no ano da misericórdia. É essa a misericórdia que Cristo nos ensinou? Sentenciar uma pessoa dessa maneira (que sabemos que é inocente) e nem sequer dar o direito de se defender…
    E nós paroquianos, como aprendemos com mons Jaelson, permaneceremos na fé e em oração.Temos convicção que o Senhor escutará o clamor pela justiça que vem do Seu povo e a verdade aparecerá.

  27. Lincoln Disse:

    Pela amor de Deus, até quando isso vai parar a destruir os padre estão querendo fazer de tudo, por ele ser um bom pastor, cuida das suas ovelhas e eles vieram para nos salvar e também salvar a humanidade, pois Jesus foi criticado, humilhado e levou cuspida, imaginem como ele foi perseguido porque ele falou a verdade ao seu povo, pois os Padres estão sendo perseguidos, vamos rezar ardentemente com muita fé e confiança, que tudo caia tudo sobre a terra, e Maria pisa na cabeça da serpente. Estou contigo, vou rezar por vocês.

  28. Risolene Feitosa Alves Disse:

    Risolene Feitosa Alves

    Como paroquiana assídua que sou ,afirmo a grande surpresa que tive ao tomar conhecimento do afastamento do Monsenhor Jaelson.Há muito tempo o conheço como Sacerdote ,cidadão ,homem de uma integridade completa.Sacerdote de tamanha unção e sabedoria Divina,que sempre pregou a Palavra de Deus com tamanho comprometimento ,que a cada dia aumentava o número de fiéis na casa de Deus e que não nos cansávamos de ouvir as suas homilias .Monsenhor ,pode ter a certeza que esta dor que o Senhor está passando nós estamos sofrendo juntos e tenha a certeza que o Espírito Santo de Deus lhe fortalecerá e toda a verdade será posta às claras .Muito obrigada pelas orações que o Senhor fez por mim e sei que continuarás fazendo .Eu também continuarei rezando pelo Senhor .Lembro-me muito bem do seu carinho por todos os seus paroquianos .A cada final da Santa Missa aquele jeito de se dirigir ao final da igreja para apertarmos a sua mão ,pedirmos a bênção ,nos abençoar e carinhosamente me dizer:”Minha intercessora”,tenha certeza,a cada dia serei ainda mais fiel para interceder pelo Senhor.Muito obrigada por ter me orientado a conhecer melhor a Palavra de Deus e procurar colocá-la em prática.Deus lhe abençõe sempre ,e não tenha dúvida Jesus está no comando de toda esta situação.Fica com Deus Monsenhor.

  29. Maria Eduarda Lacerda Disse:

    Faço parte da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus tendo como pároco Monsenhor Jaelson a 6 anos e durante esse tempo pude ver o seu amor ao sacerdócio, todo o esforço e trabalho dado por ele para a obra de Deus, honrando verdadeiramente a sua vocação. Um homem honesto, que soube sofrer em silencio assim como Jesus sofreu, um homem em que realmente eu vejo a pessoa de Cristo. Eu repudio toda essa mentira tramada por pessoas invejosas, que, ao contrário dele, não honram a sua vocação e que querem o difamar e priva-lo de levar a palavra de Deus com a dignidade que Ela merece. Ele é um servo de Deus que vive para a Igreja.
    Maria Eduarda Lacerda, 16 anos, estudante

  30. Mayara Maia Disse:

    Sou da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus e vi o grande amor e dedicação que Monsenhor Jaelson depositou nessa paróquia. Seu cuidado em guiar as ovelhas de Cristo, obediência e humildade me foram exemplos de verdadeiro serviço a Cristo. E afirmo que a notícia desse artigo é baseada em mentiras.Confio na Justiça Divina. O mal não prevalecerá. Deus é maior! (Mayara dos Santos Maia, coordenadora da Legião de Maria Jovem na paróquia e licenciada em Ciências Biológicas).

  31. Ray Disse:

    Acredito que Monsehor Jaelson incomoda muita gente, inclusive a Arquidiocese, ele tem feito um lindo trabalho a frente da Igreja Santo Antonio, se é para condenar, condene que tambem tantos outros que fazem prática do uso e abusa da confiança dos fiéis.A maneira arbitrária como a Arquidiocese manipula a igreja,isso é uma grande falta de respeito a comunidade Jardim Cidade Universitária, queremos esclarecimentos, a final a Igreja prega unidade, que não devemos julgar, é o mais impressionante é que o exemplo devia vir da Arquidiocese, fazer julgamento precipitado não fica bem para o pastor maior da Igreja Católica da nossa Cidade

  32. Dilma de Souza Adelaide Medeiros Disse:

    Os acontecimentos do dia de ontem trouxeram-me sentimentos de tristeza e indignação. O afastamento do Monsenhor Jaelson foi um choque para mim e para toda minha família, pois somos paroquianos da igreja Santo Antônio do Menino Deus, na qual tivemos a graça de conviver com Monsenhor um pouco mais de seis anos. Eu e meu esposo servimos como ministros da Eucaristia e somos testemunhas do exemplo de servo de Cristo que Monsenhor Jaelson sempre se mostrou. Fiel a palavra de Deus e aos seus ensinamentos, nos ajudou a crescer espiritualmente através de suas homilias, mas também de suas ações. Acolhedor, amigo, generoso, sábio, colocou sempre como prioridade o crescimento espiritual da comunidade, mas também a sua edificação enquanto templo. Como prova,  pode-se observar o seu empenho na construção física da nossa paróquia, resultado das novas demandas devido ao  crescimento efetivo da nossa comunidade.
    Registro aqui o meu repúdio a um acontecimento que considero injusto e inexplicável, pois como sabemos, ele não teve nem o direito de se defender dessas  acusações sem fundamento. Ao Monsenhor nossas orações e a certeza de que a justiça em Jesus Cristo será feita.

    Dilma de Souza Adelaide, professora.

  33. Samuel Amaral Disse:

    Venho aqui registrar o meu repúdio à esta decisão arbitrária. Sou paroquiano de Santo Antônio do Menino Deus há seis anos e sei do extremo zelo e dedicação com os quais Monsenhor Jaelson Alves de Andrade conduziu o seu rebanho. Como a própria notícia atesta: “Não foram revelados os motivos da decisão de Dom Genival”… Ora, os motivos seriam então a fidelidade à Igreja, à liturgia, à obediência devida aos superiores? De outra ordem não poderiam ser, pois sou testemunha da conduta ilibada, da retidão, probidade, honestidade, lisura, sabedoria, fidelidade e amor com que Monsenhor Jaelson se dedica às coisas de Deus.

    ***Vamos voltar ao histórico deste blog e compartilhar essa informação que se faz muito necessária neste momento: http://rubensnobrega.com.br/2016/07/18/advogada-revela-quem-sao-os-padres-que-teriam-armado-contra-dom-aldo/***

    Os mesmos que articularam contra o arcebispo, agora se voltam contra os sacerdotes. Exigimos respostas de Dom Genival à esta notícia também! Exigimos do administrador apostólico providências contra esses sacerdotes que ele não afasta! Queremos explicações do representante de Roma quanto à estes sacerdotes, chamados de “padres anônimos”, mas que todos sabem quem são e dos quais a Dra Laura Berquó tem uma extensa lista de documentos que comprovam todos esses ardis e calúnias. Repudio veementemente toda esta calúnia e difamação!

  34. Rubenildo Reis Disse:

    Meu nome é Rubenildo Reis, sou graduado em administração, empresário, e venho através desta, relatar a minha indignação e repudio a essa decisão da Arquidiocese da Paraíba. Conheço Monsenhor Jaelson há 5 anos, quando do meu Crisma, senti-me muito bem acolhido como que um filho é acolhido por um pai, estava voltando como o filho pródigo ao seio da Igreja, e encontrei o apoio necessário para me manter firme na caminhada junto a Igreja de Deus.
    Estou aqui para manifestar toda a minha gratidão a este servo de Deus que me ensinou o que é serviço e a olhar antes de tudo para o céu, a trilhar uma caminhada que cujo ápice seria Deus. Meu coração muito se entristece nesse momento, não estou me fiando aqui na pessoa do Monsenhor Jaelson, mas no seu exemplo de retidão, serviço, bondade, gentileza, acolhimento, amor acima de tudo a Igreja e a liturgia. Sendo assim, e tendo-o como exemplo de vida em Cristo, ponho-me como a Igreja primitiva, que quando da prisão de Pedro, orou para que o mesmo fosse liberto da prisão INJUSTA, pois tanto amou a Cristo e pregou o seu Evangelho, que quiseram-no matar. Confiante na Misericórdia de Deus e no seu Justíssimo julgamento, aguardo resposta e o conhecimento da verdade sobre o caso, TUDO será elucidado, para maior honra e gloria de Nosso Senhor Jesus Cristo, por intercessão da Bem Aventurada Virgem Maria de seus Anjos e de Nosso pai São Bento! PAX

  35. vania maria andrade Disse:

    vania_mandrade@hotmail.com
    Aldo Pagoto também se dizia inocente e o que aconteceu? Está lá em Fortaleza celebrando como padre.Era inocente?Foi ele quem trouxe essa imoralidade para a Igreja Católica.
    Bom dia

  36. SILVIO ROMERO Disse:

    A CERCA DE 10 ANOS EU E MINHA FAMILIA , SOMOS PAROQUIANOS DA IGREJA DE SANTO ANTONIO DO MENINO DEUS, ESTOU DECEPCIONADO COM A MANEIRA BRUSCA E TEMPESTIVA, DESSE PROCESSO SUJO E VERGONHOSO QUE A EXECUTIVA DA IGREJA DA PARAIBANA ATENTOU CONTRA MONSENHOR JAELSON , ESTIVE INCLUSIVE POR ALGUMAS VEZES EM VISITAS AO MOSTEIRO MÃE DA TERNURA EM ITATUBA. UM PADRE SEMPRE SERENO , SUAVE CUMPRIDOR DE UM COMPORTAMENTO COERENTE DE UM VERDADEIRO PASTOR CATÓLICO.
    A FALTA DE OPORTUNIDADE DE DEFESA DE UM SER HUMANO , É COMO CEIFAR O DIREITO E O CAMINHO DE EVIDENCIAR A VERDADE DOS FATOS…
    POR FIM JA REZO POR MONSENHOR JAELSON E TAMBÉM SEUS PERSEGUIDORES , POR QUE DE CRISTO NADA , NADA FICARA ESCONDIDO , A VERDADE VIRA A TONA….NO MOMENTO OPORTUNO..

  37. Kátia Cristina Cunha Disse:

    Sou da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, conheço Monsenhor Jaelson há mais de 6 anos, e posso falar do exemplo de Sacerdote que ele é, homem íntegro , comprometido com o seu rebanho. Deixo aqui o meu repúdio a decisão tomada, pela Arquidiocese.

  38. Jonathan Galvão Disse:

    Sou da paróquia Santo Antônio do Menino Deus. Conheço Monsenhor Jaelson junto com minha família há quatro anos. A postura desse pároco, Jaelson, foi sempre a mais séria e coerente possível. Suas atitudes sempre visavam o bem do seu rebanho e o ensino correto da doutrina católica. O Monsenhor tem enorme responsabilidade sobre a minha conversão e da minha família. Um sacerdote sério, de bons costumes e obediente a palavra de Deus e a doutrina da igreja católica. Sirvo na paróquia e, se houvesse qualquer coisa estranha teria observado e só houve mais motivos para admirá-lo enquanto sacerdote. Rezemos pelo clero e também pelos leigos que cometem apedrejamento virtual!
    Jonathan Cézar de Souza Galvão – Contador

  39. Daniel Calixto Disse:

    conheço Pe Severino, sou da paróquia são Pedro e são Paulo, homem de Deus, não acredito nessas inverdades q estão julgando pé Severino, mais tenho certeza q ele vai buscar força em Deus e provar sua inocência a arquidiocese da PB, pois para os fiéis de Mamanguape ele não precisa provar nada.
    força Pe Severino, estamos com vc.

  40. Emerson Disse:

    Daqui a 1000 anos o Jornal da Paraíba vai dar a notícia: Padre Fulano, que é da família de Dom Aldo, levou uma queda e quebrou os dois braços e as duas pernas.

    Vergonha desse tipo de jornalismo. É triste saber que estamos nas mãos dessas pessoas.

  41. Íris Parente Disse:

    Uno-me aos meus irmãos paroquianos no repúdio a esta matéria, contra toda calúnia feita ao Monsenhor Jaelson, e reiterando a sua conduta reta e sóbria na condução desta paróquia. Íris Parente, cirurgiã-dentista

  42. Zenóbia Leonel de L. Martins Disse:

    Zeloso, fiel, respeitador e íntegro, esse é o Monsenhor Jaelson que conheço há mais de seis anos, a quem atribuo o meu crescimento espiritual e o da minha família. Quanto bem ele nos fez! Através das suas sábias homilias, nos transmitiu um vasto ensinamento e plantou em nossos corações uma FÉ VIVA, PODEROSA E EFICAZ! Eu, Zenóbia Leonel de L Martins, repudio a toda e qualquer acusação que lhe é imputada e pela fé creio que tudo será esclarecido.

  43. Philipe de Luna Soares Disse:

    Como paroquiano da Igreja Santo Antônio a cerca de 6 anos, comprometo-me a afirmar que o Padre Monsehor Jaelson é um sacerdote exemplar, em que, transmitiu seu exemplo como nosso pastor e sempre nos cativou com suas homilias. Pude notar também nesse tempo, algo de extrema consideração, seu zelo pela liturgia e seu amor em ministrar os sacramentos. Acredito na Igreja de Cristo! Eu repudio toda notícia ou informação que tem como intuito infamar seu serviço sacerdotal. Que São Miguel Arcanjo, com sua espada de luz e justiça, possa corta e libertar-lo de todas as mazelas desse mundo.

  44. Alef Gomes Disse:

    Monsenhor Jaelson é uma pesso íntegra e um sacerdote exemplar!
    “Não procure os bons padres entre os famosos e prestigiados. Os bons padres são ODIADOS ou esquecidos pelo mundo.” (São Luís Maria)

  45. IJANEIDE ARAÚJO MEDEIROS Disse:

    Como me dirigir aos que perseguem a igreja Católica?
    Bom dia? Que seu dia seja repleto de felicidades? Estamos felizes pela notícia? Obrigada? …

    Ijaneide Araújo, tenho superior completo e pós-graduação. Catequista de primeira Eucarístia da Paróquia Santo Ântonio do menino Deus e paroquiana dessa igreja há 10 anos, presente desde a chegada do Monsenhor Jaelson.

    Venho externalizar a minha tristeza pelo afastamento do nosso pároco.
    Inicio perguntando: Quantas vezes vocês ousaram levantar um desconhecido da pobreza de espírito? Quantas vezes deram uma esmola por compaixão e não por obrigação? Quantas vezes abriram a Palavra de Deus para proferir, antes dos seus discursos como o primeiro alimento dos leitores ou ouvintes? Quantas vezes tiveram a paciência de ouvir as dores da alma de alguém e lhes dá um conselho sem depois entrar nas fofocas? …
    Quantos padres tem o dom de fazer uma missa tão completa a ponto de sentirmos o gosto do céu?
    Em cada pergunta a resposta é “Monsenhor Jaelson” faz isso.

    Poderia eu passar horas relatando perguntas das quais eram práticas desse servo de Deus, pastor fiel das ovelhas que Cristo lhe entregou e que muito tem feito para mudanças benéficas na vida de seus paroquianos. Mas não vim relatar os feitos nos outros irmãos da comunidade Jardim Cidade Universitária e de outros que foram acolhidos por ele. Quero testemunhar o bem que fez em minha vida dia a dia com suas pregações ímpares, com sua postura como padre, com seus puxões de orelhas quando precisamos retornar ao caminho, as curas direcionadas pela confissão e até mesmo em cada missa celebrada por ele, as horas de intercessão que faz e nós desfrutamos das graças de sua fé.

    Em momentos de profundo combate espiritual, percorrendo tantos colos por meio dos padres, foi ele que me entendeu, foi ele que me explicou o que eu estava passando, foi ele que naquela hora soube de modo simples dizer: “filha procura saber o que Deus quer de ti”, foi ele que me levou a corrigir centenas de pontos no meu viver para poder crescer na fé. Sentirei, por pouco tempo – EU CREIO, falta desse alimento vivo que pela boca do Monsenhor Jaelson recebia de Jesus em cada missa assistida na Paróquia Santo Ântonio do Menino Deus e na Igreja da Misericórdia quando o conheci pela primeira vez. Saiba padre que minha família hoje está toda em sua paróquia pelas suas mãos.
    Gostaria de lembrar aos perseguidores da igreja católica, que nossa comunidade antes da vinda do Monsenhor, vivia fechada e só tínhamos duas missas, poucas pastorais atuantes e pouco se via o padre. Os fiéis que precisassem teriam que recorrer a outros locais e foi num desses momentos que eu me vi, sem acolhimento perto de mim. Pergunto: Que mal fez este homem a nós? Que mal fez esse homem por abrir as portas da sua igreja todos os dias para que os fiéis tivessem apoio? Que mal fez este homem em trabalhar conforme as leis da igreja? Que mal fez esses homem que prega à Salvação?

    Deixo aqui o meu profundo acolhimento ao senhor padre e lhe digo, para mim nunca o senhor deixará de ser “Padre, Monsenhor Jaelson” e em minhas orações sempre estará. Tenho a certeza de sua volta que será breve, no tempo de Deus. Que o Divino Espírito Santo consolador e auxiliador venha em seu auxílio e no nosso, pois iremos continuar fazendo os trabalhos de pastorais e de servo de Jesus por meio de Maria Santíssima, apoiando seu substituto para que no seu retorno encontre a paróquia edificada em todas as esferas.
    A paz de Jesus e o amor de Maria Santíssima esteja com todos nós e com você meu irmão que persegue a igreja, para que em dia oportuno do Senhor, tenha seu encontro como Saulo, que se tornou São Paulo. Deus seja louvado.

  46. Prof. Jackeline Almeida Disse:

    Sou da Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, cientista das Religiões e REPUDIO veemente o afastamento do Mons. Jaelson, pastor íntegro, correto, pessoa iluminada.

  47. KLEBER EDUARDO SOUSA Disse:

    Me chamo Kleber Eduardo Sousa, empresario contábil, especialista em Contabilidade e Direito Tributário, conheço monsenhor Jaelson Andrade ha mais de 10 anos, o tenho como Diretor Espiritual e amigo, e durante todo este tempo nunca vi nenhuma conduta dele que desabonasse seu caráter ou sua moral. Repudio com veemência a posição da Arquidiocese e de seu Administrador apostólico em relação a Mons. Jaelson e tudo que esta sendo feito contra ele.

  48. Rita de Cassia Rodrigues Disse:

    Que noticia avassaladora! Participo das Missas celebradas pelo Monsenhor Jaelson e destaco o seu especial zelo e amor por Cristo e a Sua Igreja, como também, sua singular espiritualidade, que provocam em todos um desejo ardente de crescimento espiritual, prova disso são as Missas sempre cheias com a participação ativa da comunidade. A sua conduta de retidão é um exemplo a ser seguido. Monsenhor Jaelson é um autêntico bom pastor e o seu rebanho precisa muito dele. Supliquemos a Deus Misericórdia!

  49. Iraydes Barbosa Disse:

    Sou do Movimento Sacerdotal Mariano ha mais de dez anos, venho acompanhando o Monsenhor desde a Igreja de Aparecida no Bairro 13 Maio, e iniciamos os Cenáculos na Catedral onde o Monsenhor e o nosso Dirigente Espiritual no Estado da Paraíba e o Movimento se faz presente em 05 Continentes. Homem, integro, espiritual e Lamentável, e nunca se mostrou com condutas absurdas a qual estão relatando. Os Cenáculos hoje amanheceram de Luto. Muito triste tal perseguição que Jesus abençoe o nosso Pai Espiritual Monsenhor Jaelson. INDIGNADA !!!!

  50. Valéria Amaral Disse:

    Meu nome é Valéria Amaral, sou Funcionária Pública Federal e participo da Paróquia Stº Antônio do Menino Deus, há 06 anos. Tem uma frase que diz: “só se atira pedras em árvores que produz frutos”. Mons. Jaelson por onde anda, produz muitos frutos: fé, esperança, amor, sabedoria… Penso que as pessoas que não tiveram a honra de tê-lo conhecido, antes de julgá-lo, deveriam como já dizia Sócrates passar a informação pelas três peneiras: AS TRÊS PENEIRAS

    Um rapaz procurou Sócrates e disse-lhe que precisava contar-lhe algo sobre alguém.

    Sócrates ergueu os olhos do livro que estava lendo e perguntou:

    – O que você vai me contar já passou pelas três peneiras?

    – Três peneiras? – indagou o rapaz.

    – Sim! A primeira peneira é a VERDADE. O que você quer me contar dos outros é um fato? Caso tenha ouvido falar, a coisa deve morrer aqui mesmo. Suponhamos que seja verdade. Deve, então, passar pela segunda peneira: a BONDADE. O que você vai contar é uma coisa boa? Ajuda a construir ou destruir o caminho, a fama do próximo? Se o que você quer contar é verdade e é coisa boa, deverá passar ainda pela terceira peneira: a NECESSIDADE. Convém contar? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o planeta?

    Arremata Sócrates:

    – Se passou pelas três peneiras, conte! Tanto eu, como você e seu irmão iremos nos beneficiar.
    Caso contrário, esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia entre irmãos, colegas do planeta.
    Meu Deus, Meu Deus, perdoai-os, eles não sabem o que fazem!!!

  51. Jean Victor Porfírio da Silva andrade Disse:

    Parabéns jornalista, só através da imprensa é que sabemos da realidade política, religiosa e outras mais, e usar a Bíblia pra se esconder talvez seja o maior pecado do mundo, e atentai bem que não tenho religião.

  52. Girlaine Niedja Disse:

    Junto-me a todos os que fazem a Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, localizada no Jardim Cidade Universitária, para deixar aqui registrada a nossa tristeza e indignação pelo afastamento do Monsenhor Jaelson, que há seis anos vinha exercendo com total zelo e dedicação a missão que lhe havia sido confiada. Como sacerdote exemplar, no exercício do seu ministério, conduzia todo o seu rebanho a uma fé madura, ajudando a cada um dos seus filhos na construção do templo maior, que é o nosso coração como Santuário vivo do Senhor.

  53. Sonia Maria da S. C. Corrêa Disse:

    Com pesar assisto ao triste cenário que está se configurando na nossa Igreja, aqui na Paraíba. Padres zelosos pela sã doutrina e fiéis à Tradição litúrgica são perseguidos de forma descarada por grupos de padres “modernistas” incomodados com a adesão e acolhimento da comunidade para com aqueles. Mons. Jaelson é uma referência ímpar de sacerdote em nossa Arquidiocese. Minha família têm o privilégio tê-lo como pastor, orientador e formador. Sentimo-nos golpeados pela suspensão de suas atividades enquanto sacerdote. Quanta dor e tristeza!!!
    O mais difícil é saber do seu sofrimento, diante de tanta injustiça, pois até o direito de saber, efetivamente, de que o acusam, foi-lhe negado.
    Neste ano dedicado a Misericórdia Divina, este fato ocorrido em nossa Arquidiocese se contrapõe à motivação maior contida em seu lema.
    Que o Pai das Misericórdias possa acolher em seus braços nossa comunidade que estar a sofrer e , de modo particular, nosso amado pastor, Mons.Jaelson, e seus irmãos de batina, Mons.Edinaldo e Pe. Severino.
    Rogai por nós e pela Santa Igreja, Maria, Mãe da Divina Misericórdia!

  54. Frank Sinatra Macena Silva Disse:

    REPÚDIO.
    Repúdio a atitude da igreja em condenar um sacerdote dedicado ao ministério como o Monsenhor Jaelson Andrade , um sacerdote que vive para a obra de Deus e seu rebanho . Sou testemunha de como fui tocado por Deus , eu e minha família através do canal de bênção que é o Monsenhor Jaelson. O conheço há mais de 10 anos , e o que sempre vi foi sua dedicação e zêlo pelas coisas da igreja e pela evangelização. E não ter o direito de defender-se, e ser condenado , é de uma crueldade e injustiça tremenda , inquisitório. Espero que a Igreja Católica reveja está injustiça e o deixe exercer seu abençoado ministério. LAMENTÁVEL. ..

  55. Almir Disse:

    A Teologia da Libertação lançando seus tentáculos na Arquidiocese da Paraíba. A ideologia, (falsa teologia) anticristão de Leonardo Boff e seus representantes, “padres” politiqueiros, se valendo do que mais sabem fazer, mentir, roubar, destruir e caluniar.

  56. Valdir Rodrigues da Silva Disse:

    Sou da Paróquia São Francisco de Assis (Mangabeira VII). Mas neste ano resolvi participar das celebrações da QUARESMA 2016 na Paróquia Santo Antônio do Menino Deus, e posso testemunhar que pude observar no Monsenhor Jaelson um sacerdote exemplar na postura e condução da liturgia, a forma catequética e cativante das suas homilias, seu zelo ao ministrar o sacramento da EUCARISTIA… Confesso que sempre ao final da missa, voltava para casa renovado… Portanto, ao ler todos esses comentários dos seus paroquianos, só vem confirmar que as qualidades que em tão pouco tempo vislumbrei no Monsenhor Jaelson são reais…
    Venho então expressar a minha TRISTEZA pelo seu afastamento. Confio na Justiça Divina. O mal não prevalecerá.
    Ao Monsenhor minhas orações e a certeza de que a justiça em Jesus Cristo será feita.
    E à comunidade Santo Antônio do Menino Deus, muita força e orações.

    Dom Genival Saraiva, administrador apostólico, com todo o respeito que lhe confere, o senhor não pode ignorar os inúmeros depoimentos verdadeiros destes fiéis, que durante muito tempo conviveram com o Monsenhor Jaelson…
    Se posso pedir, lhe peço: Reavalie em nome de JESUS, e com a orientação do Espírito Santo esta sua posição.
    “DEUS É FIEL!!!”

  57. Magno Disse:

    É impressionante e muito triste ler os comentários aqui postados. Muitos aqui estão preocupados e indignados com a atitude da igreja, considerando que é um ato contra os referidos padres. Acaso não se dão conta que esses senhores são acusados de pedofilia, de terem relações sexuais com jovens seminaristas… dentre outras tantas? Eles foram afastados para serem investigados (ao menos é o que a igreja diz)! Esse é o procedimento mínimo ao se tomar com qualquer liderança acusada de cometer crimes. Todavia, quem dera se fosse realmente a intenção da igreja. A história nos mostra que a igreja faz tudo o que estiver ao seu alcance para encobrir seus crimes. Quando não consegue plenamente, toma atitudes como essa, afasta os envolvidos, transfere para o Vaticano ou para paróquias distantes. É a típica atitude criminosa mas protegida sob o manto da impunidade, pelo poder e dinheiro que a igreja tem, capaz de influenciar e conduzir a justiça e os políticos que tecem as leis desse país.
    Deveríamos estar preocupados com as vítimas das ações promovidas por esses padres, com as famílias que sofrerão duramente os danos causados às vidas de suas crianças e jovens.
    Devemos cobrar investigação eficiente e severa punição, se forem provados os crimes, especialmente, quanto a aplicação da LEI BRASILEIRA.
    Caso não saibam, a igreja gasta milhões em acordos judiciais no EUA (onde isso é permitido) para que os padres pedófilos não sejam presos (vejam mais em http://oglobo.globo.com/mundo/cardeal-que-protegeu-padres-pedofilos-participara-de-conclave-7583318), enquanto deveria estar preocupada em proteger com afinco as nossas crianças, que são nosso maior tesouro. Mas, a instituição que prega ser fundada por Cristo, parece que esquece de um de seus conselhos:
    “Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar” Mt 18:6.
    Reflitamos.

  58. Nivaldo Tavares da Silva Disse:

    Li todos os comentários, seria interessante desinar uma comissão ir ao administrador da arquidiocese, saber os motivos da real suspensão dos padre por tempo indeterminado, ouvir comentário de alguém, jornal fica muito duvidoso.

  59. Ricardo Disse:

    Só pessoas muito leigas e intelectualmente ingênuas não sabem que, em se tratando da hierarquia da Igreja de Roma, decisões como as que foram tomadas pelo Administrador Apostólico somente são adotadas depois de um longo período de investigação que corre em absoluto sigilo. Se os clérigos foram punidos, provas e indícios muito fortes foram encontrados. Algo que a Igreja de Roma não aprecia é escândalo! No mais, antes de repudiar a decisão da autoridade eclesiástica competente, esperemos o resultado do processo, tanto em nível eclesiástico como na esfera criminal..

  60. Ozana Maria da Silva Disse:

    QUANTA INJUSTIÇA cometida contra o Monsenhor Ednaldo um servo de Deus iluminado justo não tenho nem palavras pra falar da pessoa do Monsenhor Ednaldo eu e toda minha família estamos perplexos com tudo isso somos do alto sertão da Paraiba e quando chegamos aqui no Valentina e fomos pela primeira vez a missa lá estava aquele servo falando da palavra de Deus com imensa sabedoria gostamos do Monsenhor a primeira vista isso no ano de 2008 onde a igreja ainda não estava em reforma e sempre ouvimos da boca dele o desejo e o sonho de ver a tão sonhada igreja reformada daí passamos a afazer parte da paróquia indo sempre as missas de Monsenhor Ednaldo teve dias de participar de 3 missas e todas celebradas por ele participeia também de missas em diversas capelas como a de Santa Luzia , no menino Jesus no muçumago na capela Santô Antônio e outras comentava com algumas pessoas quantas capelas no só bairro aí as pessoas comentavam aí é esforço e muita dedicação do Padre da paróquia aí eu perguntei quem era aí falaram que era o Padre hoje Monsenhor Ednaldo ainada estou em estado de choque porque Monsenhor? Ainda estamos sem acreditar que domingo vamos a missa e não vamos ver Monsenhor . Não estou aquiser criticando o outro padre jamais é que monsentor é cono se fosse da familia . Um servo que só fazia o bem a paróquia , uma pessoa que se preucupava de verdade com a igreja de um modo geral não se cansava de celebrar as missas sempre se esforçando pra da o melhor pela paróquia e acontecer tamanha injustiça um servo dedicado aprendi muito com o Monsenhor e seus ensinamentos nunca Monsenhor Ednaldo nos transmitil coisase ruim oum algo do que está sendo acusado se existe um servo que não tem nenhum tipo de maldade esse servo se chama Monsenhor Ednaldo fica aqui minha indignação e minha revolta minha e de minha família;Masna esperança que Deus com sua imensa misericórdia vai cuidar de tudo isso . VAMOS MINHA GENTE FAZER CORRENTES JEJUM E MUITA ORAÇÃO POR NOSSOS PÁROCOS.

  61. Aparecida Disse:

    Sou da Paróquia Santíssima Trindade

  62. Aparecida Disse:

    Sou da Paróquia Santíssima Trindade e não poderia deixar de falar sobre o meu querido e amado Monsenhor Ednaldo.Um padre dedicado completamente a Igreja, para quem conhece Monsenhor Ednaldo sabe dos grandes benefícios que ele fez no bairro do Valentina são mais de dez capelas construidas e mais duas paróquias abertas com a ajuda dos fieis mas, principalmente pelo seu empenho incansável em levar a palavra de Deus a todos.Posso dizer que em toda minha vida não conheci um padre tão responsável, dedicado e comprometido com a sua Paróquia, com o povo de Deus .Tenho fé que Deus na sua infinita bondade está a olhar por ele e não vai permitir tamanha injustiça de mantê-lo afastado das funções e da Paroquia que ele tanto ama.

    • Aílton Pereira Disse:

      Eu sou da Comunidade Imaculado Coração de Maria, que pertence a Paróquia Santíssima Trindade do Bairro Valentina de Figueiredo. Mons. Ednaldo, trabalhou incansavelmente por seus paroquianos, desde que assumiu a sua missão, com coragem e determinação. Sempre firme e coerente em suas atitudes, cumpridor dos seus deveres.Homem de caráter e personalidade fortes. Eu acredito em sua inocência. O senhor tem capacidade indiscutível a ser elevado, na minha opinião; à Arcebispo Metropolitano de João Pessoa. Um forte abraço do seu amigo que lhe admira e torce por sua vitória. Conte com a minha oração, e a proteção de Deus e da Imaculada Conceição.

  63. Ozana Maria da Silva Disse:

    Sou da paróquia santíssima Trindade no valentina eu e minha família ficamos muito triste com o afastamento de Monsenhor Ednaldo servo bom e fiel dedicou anos de seu sacerdócio a paróquia do Valentina pra quem não se lembra a igreja matriz parecia uma casa hoje sim depois do grande esforço e luta de monsenhor Ednaldo a igreja está quase pronta uma grande injustiça o que fizeram a monsenhor estamos todos aqui em casa sem palavras pra quem não sabe no nosso bairro existe mais de 10capelas tudo feita graças ao esforço de monsenhor Ednaldo um servo que não se cansava de realizar a celebração da santa missa eu já cheguei a participar de três celebrações no mesmo dia manhã tarde e noite e todas celaboradas por monsenhor Ednaldo esse grande servo não merecia está passando por esse tipo de situação suas homilias sempre dentro do evangelho participamos da paróquia desde o período que chegamos do Sertão para morar aqui no Valentinà no ano de2008 até hoje 8anos depois não temos nada pra falar de ruim da pessoa de monsenhor afinal isso que está acontecendo com ele é uma grande injustiça desde criança participei de muitas celebrações de semana santa natal ano novo mas confesso que nunca tinha participado de tantas celebraçoeste diferente pois ele é um servo muito iluminado um verdadeiro servo de Deus suas palavras nos renova e nos dá força para a caminhada do dia a dia com ele aprendi muitos ensinamentos bíblicos pois ele nos fala através de suas homilias de uma forma simples e fácil de entender muitas vezes estava sem ânimo para ir a missa mas quando chegava lá tudo mudava suas palavras nos ajudava sem dúvida um ser iluminado e abençoado por Deus .Nem o próprio Jesus Cristo agradou foi traído pela multidão que o aplaudia mas no final saiu vitorioso .Vamos fazer orações por nossos parcos .Se Deus quiser Deus vai dar a vitória. ..

  64. Juvencio e família Disse:

    Eu, minha esposa e nosso filho, frequentamos a comunidade e conhecemos o monsenhor Jaelson há 06 anos, estamos profundamente constrangidos pela denúncia feita a este; pois, em momento algum percebemos algo que viesse desabonar sua conduta, o mesmo é uma pessoa muito respeitosa. Acreditamos que a justiça será, e teremos o nosso pároco de volta. Força monsenhor. Deus te proteja.

  65. Juvencio e família Disse:

    Acreditamos que a justiça será *feita, e teremos o nosso pároco de volta. Força monsenhor. Deus te proteja.

  66. Aparecida Silva Disse:

    Sou da Paróquia Santíssima Trindade e não poderia deixar de falar sobre o querido e amado Monsenhor Ednaldo. Quem o conhece sabe do lindo trabalho que ele exerceu no bairro do Valentina., foram mais de dez capelas e mais duas paróquias abertas com a ajuda dos fiéis, mas principalmente pelo seu desempenho e incansável em levar a palavra de Deus a todos nos mais diversos lugares do nosso bairro do Valentina. Posso dizer que em toda minha vida não conheci um padre tão comprometido e dedicado com a Igreja e sua paróquia. Em datas festivas de padroeiro o monsenhor sempre incentiva os fiéis a participar das procissões e sempre alí a frente do seu povo.Sempre admirei a Via Sacra em que ele rezava cada estação em cada uma das capelas da paróquia fazendo uma linda procissão que durava horas de caminhada.Creio que o seu trabalho e dedicação não serão esquecidos pelo povo do Valentina. Tenho certeza que Deus na sua infinita misericordia está a olhar por ele e não vai permitir tamanha injustiça em deixá-lo afastado das suas funções, do seu povo e da sua Paróquia que ele tanto ama.

  67. Maria das Graças Disse:

    O pré-julgamento é crime, como afastam esses padres sem provas concretas, isso é perseguição . Monsenhor Ednaldo é uma pessoa que gosta de ajudar as pessoas, só porque recebeu um cargo de diretor que causou inveja em muitos, envolveram seu nome, mas Deus é Fiel, não gostei dessa notícia.

    Não devemos julgar os outros pelo ato de um ou por denúncias suspeitas de perseguição

  68. Ozana Maria da Silva Disse:

    Fiquei chocada e triste monsenhor

  69. Figueira Disse:

    Engraçado, agora todo mundo é santo! Desde que fazia parte da paróquia Nsra. Aparecida, no bairro 13 de maio, que já circulavam notícias sobre casos envolvendo tal Monsenhor (Na época Padre). O fato de ser bom com as palavras, se mostrar solicito e preparado na maior parte do tempo, não inibi uma conduta errônea nos bastidores. Coloquem suas mãos no fogo por ele, esqueçam que ele é um humano e continuem acreditando que é um ser divino, e a chance de se queimar é grande…

    • Maria das Graças Disse:

      Concordo com você, Monsenhor é perseguido porque deu empregos a muita gente porque ajuda as pessoas que precisam dele. Ceio pelo fato dele ser uma pessoa que gosta das coisas certas, ele foi perseguido.

      Eu oro a Deus para que todos injustiçados tomem uma medida de defesa e que esse grupo de padres que vivem denunciando os outros sejam punidos também. Em todo lugar tem isso, os puxas sacos,, os puxas tapetes que e não podem ver o outro bem

    • Ozana Maria da Silva Disse:

      Reflexão :Quando eu aponto com um dedo o defeito do outro três dedos vouta contra minha direção #fica a dica

  70. Aparecida Silva Disse:

    É triste como muitas pessoas fazem julgamento das outras por conta de boatos que se espalham.O monsenhor Ednaldo é um homem sério, responsável e principalmente um grande servo de Deus.Mais uma vez insisto em dizer que ele só fez o bem a Paróquia Santíssima Trindade do Valentina eu sinceramente não entendo como se deu tamanha injustiça em mantê-lo afastado da sua Igreja, mas rezo e entrego muito a Deus para que justiça seja feita.

  71. Lucinete Rodrigues Dos s. Santiago Disse:

    pelo pouco que eu ia a missa do Monsenhor Jaelson eu achei um Padre muito intégro Levava muito a sério td que ia fazer agente via e sentia que era com muito carinho na igreja santo Antonio, não é justo o que fizeram com ele para mim tem inveja no meio disso tudo, Deus está contigo monsenhor hj e sempre. é muito triste

  72. francisco rolim pinheiro Disse:

    O nome do acusado, sabemos, agora queriamos saber o nome do acusador, nós queremos ele aqui, na paroquia….

  73. José Barbosa de Caldas Disse:

    Não vamos julgar antes do tempo o que devemos fazer é rezar e pregar a palavra deus meus irmãos

  74. Bem interessante a matéria. Gerou várias discussões. Parabéns pelo blog.

  75. loan Disse:

    Testemunho de um empréstimo
    Consegui obter um empréstimo de uma instituição de microcrédito,
    que sabia me satisfazer o mais rápido possível.
    Ela me ajudou a emprestar uma quantia de 45.000 €.
    Caso contrário, você precisa de um crédito, um empréstimo ou se você for proibido a operação bancária,
      Ps: entre em contato com ele por e-mail se precisar de um empréstimo.
    Aqui está o E-mail: loanerious@gmail.com
    Compartilhe esta informação para ajudar nossos irmãos, amigos e outros que precisam.

  76. Ana María Francisco Disse:

    O grupo Maria Isco fornece ajuda para resolver a crise financeira ou para iniciar seu próprio negócio, para liquidar sua dívida e você acha Difícil obter empréstimos de capital dos bancos? Estamos aqui para resolver isso. Oferecemos empréstimos privados para tais fins e muito mais. Empréstimo pessoal e comercial com baixa taxa de juros de 2%. pessoa interessada deve contatar-nos através de: mariaiscogrupo@gmail.com

    obrigado

  77. Angela Fox Disse:

    Quero compartilhar meu testemunho a todos. Depois de me relacionar com meu
    namorado por cinco anos, ele terminou comigo, fiz todo o possível para trazê-lo
    de volta, mas tudo foi em vão, eu queria muito ele por causa do amor que eu tenho para
    Ele, implorei-o com tudo, fiz promessas, mas recusou. Eu expliquei o meu
    problema para alguém on-line e ela sugeriu que eu preferisse entrar em contato com um feitiço
    Poder que poderia me ajudar a lançar um feitiço para trazê-lo de volta, mas eu sou o tipo que nunca acreditei no feitiço, eu não tive escolha além de tentar, eu enviei o lançador de feitiços e ele me disse que não havia problema de que tudo fosse Tudo bem, antes de três dias, que o meu ex
    Volte para mim, ele lançou o feitiço e, surpreendentemente, no segundo dia, era às 17h.
    Meu ex me chamou, fiquei tão surpreso, respondi o chamado e tudo o que ele disse foi que ele
    Sinto muito por tudo o que aconteceu, que ele queria que eu voltasse, que
    ele me ama tanto. Fiquei tão feliz e fui com ele, entre em contato com ele agora para o seu
    Problemas de relacionamento ou de casamento, aqui é o seu whatsapp e e-mail, você pode chegar ao Dr. Akhigbe

    Número do número de perguntas + 2349035428122
    Email akhigbespellhome@gmail.com

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *