Fátima e Bonner ‘ganham’ do impeachment

Fátima Bernardes e William Bonner (Foto: Globo.com)

(Foto: Globo.com)

(Foto: Globo.com)

(Foto: Globo.com)

Se brasileiro vaia minuto de silêncio e conta piada em velório, nada mais natural o impeachment de uma Presidente da República rivalizar e até perder em alguns momentos, nos medidores de interesse do público, para assuntos que não deveriam ser do interesse público. O fim do casamento de Fátima Bernardes e William Bonner, por exemplo.

Digo assim porque ontem (30), em plena ressaca pós-inquirição da Presidente Dilma no Senado, transmitida ao vivo na segunda-feira para todo o país e o mundo por redes de emissoras de rádio, televisão e Internet, surpreendeu-me o comentário de uma colega da CBN João Pessoa. “Onde chego, o povo só fala na separação de Fátima e Bonner”, disse-me.

Ela, como este blogueiro, acabara de vir do almoço direto para os estúdios da rádio, onde faço uma ponta diária de comentarista no CBN Cotidiano, programa ancorado pela competência de Herbert Araújo em substituição ao não menos competente Bruno Filho, que se encontra de férias curtindo a netinha que acabou de nascer em São Paulo.

Pois bem, ao ouvir da colega (não lhe digo o nome porque não pedi permissão) que o ‘povo’ comentava mais sobre o desfazimento do casal 20 do telejornalismo nacional, arrisquei perguntar: “E sobre o impeachment?”. Ela: “Pra dizer a verdade, até que tentei puxar o assunto, mas, pelo visto, ninguém se interessou”, informou.

A manifestação da companheira de rádio estimulou-me a tentar entender as razões de tanta mobilidade ou volatilidade da nossa opinião pública, uma esfinge tão indecifrável quanto a de Sófocles, embora em matéria de tragicomédia o produto nacional ganhe de goleada daquele importado da mitologia.

Talvez o jeitão de novela com final conhecido antecipadamente tenha empurrado o assunto do impeachment para longe da curiosidade geral. Talvez seja isso, mas

Ranking dos mais comentados

Como não consegui uma explicação razoável para oferecer aos possíveis leitores, fui me valer dos medidores de atenção do público disponíveis na web. Pelo menos para apresentar um dado objetivo que dê uma luz do porquê de um processo penoso e arrastado como esse do impeachment ser batido pela exaustão matrimonial de duas celebridades.

Para comparar o ‘ibope’ dos dois assuntos, optei por buscar no Twitter os índices de postagem e interação de cada, segundo a inserção de um e de outro nos chamados Trend Topics. Optei pelo microblog porque me parece ser o mais aberto e multifacetado canal entre as ‘redes sociais’ que trafegam pela via cibernética.

“E aí, deu o quê na peleja impeachment versus Fátima e Bonner?”, alguém há de perguntar, já impaciente com tantas preliminares. Deu Fátima e Bonner, claro. Digo assim porque 23 horas antes da visita que fiz aos Trends do Brasil, ou seja, na manhã dessa terça-feira (30), vejam só quais eram os temas mais postados e comentados no Twitter:

#GameofThronesVsTeenWolf

#NoisEFeiMas

#TercaDetremuraSdv

#FatimaBernardes

#HOJE TEM PLL

#SugaConversaComYoongi

#Marginal Tietê

#Freeway

#Francisco Morato

#AINDA É AGOSTO

Repare: não há qualquer referência ao impeachment nos ‘dez mais’, enquanto Fátima Bernardes já ocupa a quarta colocação. Duas horas depois, ela ganharia medalha de ouro nesse pódio, desceu para o terceiro lugar uma hora mais tarde e voltou para a quarta posição até 17 horas atrás, tomando como referência o horário de minha visita (10h35).

Fátima e o ex-marido só tiveram sossego, pelo visto, a partir da madrugada de hoje, quando no ranking das celebridades mais comentadas cederam espaço para o inesquecido Renato Russo e Adriana Esteves. A atriz, porque compareceu ao Twitter para hipotecar solidariedade a Dilma. Como seria de esperar, causou um furor danado. Tanto ‘atacativo’ como ‘agradativo’, próprio desse Fla-Flu em que se transformou o processo de deposição da Presidente da República.

Pra dizer a verdade, a bem da verdade dos Trend Topics, a hashtag do impeachment só veio a pontuar entre as dez mais faltando menos de duas horas para a votação final no Senado. Ainda assim sob a forma de #ImpeachmentDay, como se pode ver no ranking abaixo:

  1. #GirlsInTheHouse3
  2. #QuartaDetremuraSdv
  3. #HappyJungKookDayBR
  4. #ImpeachmentDay
  5. #FicoBoladoQuando
  6. TOBY MORREU
  7. HOJE TEM FLAMENGO
  8. Presidência
  9. PIS-Pasep
  10. Dia de Inter

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *